Coronavírus

Cobertura da ONU News sobre a Covid-19
O surto foi notificado, primeiramente, em Wuhan, na China, em 31 de dezembro de 2019.

Esta seção traz informações e diretrizes sobre a Organização Mundial da Saúde e as Nações Unidas a respeito da nova cepa do coronavírus (2019-nCoV), registrada em Wuhan, em dezembro.  Acesse aqui para atualizações diárias. A OMS está atuando de perto com especialistas, governos e parceiros para levar conhecimento científico e informações ao maior número de pessoas. A agência também quer rastrear a disseminação e a virulência da Covid-19 para fornecer aconselhamento aos países e indivíduos sobre as medidas a tomar na proteção da saúde e na prevenção do vírus.

Funcionário trabalha na produção de vacinas contra a Covid-19 na Índia.
Foto: © UNICEF/ Dhiraj Singh

Casos de Covid-19 no mundo sobem 55%; OMS recomenda adaptação das vacinas BR

Durante os dias 3 e 9 de janeiro foram reportados 15 milhões de novas infecções; alta aconteceu em todas as regiões, menos na África; especialistas da Organização Mundial da Saúde acreditam que imunizantes atuais precisarão de ajustes para continuarem sendo eficazes contra a Ômicron e futuras variantes.  

Áudio
2'14"
Funcionário trabalha na produção de vacinas contra a Covid-19 na Índia.
Foto: © UNICEF/ Dhiraj Singh

Casos de Covid-19 no mundo sobem 55%; OMS recomenda adaptação das vacinas BR

Durante os dias 3 e 9 de janeiro foram reportados 15 milhões de novas infecções; alta aconteceu em todas as regiões, menos na África; especialistas da Organização Mundial da Saúde acreditam que imunizantes atuais precisarão de ajustes para continuarem sendo eficazes contra a Ômicron e futuras variantes.  

Áudio
2'14"
Crianças se protegem da Covid-19 usando máscaras na sala de aula.
Foto: UNICEF/UN0398999/Aldroubi

Pandemia entra no terceiro ano e especialista brasileira fala em "otimismo, mas não complacência" BR

Diretora-geral-adjunta da OMS, Mariângela Simão explica que apesar da alta nos novos casos de Covid-19, as vacinas continuam salvando vidas e situação é melhor do que há dois anos; novas variantes ainda podem surgir devido a baixas taxas de imunização em alguns países.  

Áudio
2'34"
Crianças se protegem da Covid-19 usando máscaras na sala de aula.
Foto: UNICEF/UN0398999/Aldroubi

Pandemia entra no terceiro ano e especialista brasileira fala em "otimismo, mas não complacência" BR

Diretora-geral-adjunta da OMS, Mariângela Simão explica que apesar da alta nos novos casos de Covid-19, as vacinas continuam salvando vidas e situação é melhor do que há dois anos; novas variantes ainda podem surgir devido a baixas taxas de imunização em alguns países.  

Áudio
2'34"