Jordânia é um dos primeiros países a vacinar refugiados contra Covid-19
BR

Migrantes e refugiados
Universidade de Oxford/John Cairns

Segundo Agência da ONU para Refugiados, das 90 nações com estratégias de vacinação, mais da metade se comprometeu a imunizar refugiados; chefe do Acnur diz que isso é necessário para manter todos seguros. 

Crescimento da migração internacional desacelerou em 27% 
BR

ONU pronta para apoiar Indonésia após terremoto que matou dezenas
BR

Nações Unidas profundamente preocupada com ataques crescentes na Venezuela
BR

Relatório da ONU defende ajustes para reduzir custos e danos causados por mudança climática  
BR

Ocha/Mahmoud Fadel

Chefe humanitário diz que prioridade no Iêmen é evitar uma fome massiva 
BR

No Conselho de Segurança, funcionários da ONU alertaram para efeitos negativos da decisão dos Estados Unidos de declarar o grupo Ansar Allah, também chamado de houthis, como entidade terrorista; apelo de ajuda humanitária recebeu apenas metade dos fundos no ano passado. 

Unsplash/John Towner

Agência da ONU confirma que 2020 foi um dos anos mais quentes da história 
BR

Organização Meteorológica Mundial, OMM, revela que recorde ocorreu dentro da década mais quente já registrada entre 2011 e 2020; secretário-geral António Guterres afirma que mundo “precisa fazer as pazes com a natureza” neste século. 

Mohamed Yassin

Relatores pedem a Israel que assegure imunização de palestinos contra Covid-19
BR

Grupo elogiou país por ser o único a imunizar o maior número de cidadãos até agora; mas especialistas estão preocupados com vacinação para os moradores dos territórios palestinos de Gaza e Cisjordânia.

Unicef/Panjwani

Cerca de 1,8 bilhão de pessoas dependem de instalações de saúde onde falta água
BR

Ausência do serviço coloca pessoal de saúde e pacientes sob alto risco de contraírem a Covid-19 e outras infecções; alerta é da Organização Mundial da Saúde e do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef.

FMI/Raphael Alves

Casos de Covid-19 sobem em praticamente todos os países das Américas  
BR

Na semana passada, foram 2,5 milhões de notificações, o maior número de novos casos desde o início da pandemia em março; apesar do início da imunização em algumas nações, não existem doses suficientes para controlar o avanço do vírus; agência da ONU diz que sem ação, este ano pode ser pior que 2020. 

Manchetes em destaque