Top News

Forças de paz de Angola, Brasil e Portugal falam à ONU News sobre o serviço no terreno
BR

Neste Dia dos Capacetes Azuis, integrantes da República Centro-Africana estão entre os 15 mil trabalhadores internacionais na Missão da ONU no país, Minusca; Há oito anos, mulheres e homens de várias nações ajudam com a transição nos campos político, humanitário, de segurança e direitos humanos após o conflito na nação africana.

Sugestão de Editores

Reportagens

Em Kharkiv, na Ucrânia, homem se despede de sua esposa e filhos antes de partirem em um trem especial de evacuação
© UNICEF/Ashley Gilbertson VII Photo
Em Kharkiv, na Ucrânia, homem se despede de sua esposa e filhos antes de partirem em um trem especial de evacuação

Portugal está aberto a receber mais ucranianos ainda este ano
BR

Migrantes e refugiadosMinistra adjunta dos Assuntos Parlamentares disse à ONU News que país tem tradição de receber refugiados e a responder a fluxos migratórios devido à própria história de emigração durante os séculos; escolas portuguesas já têm 4 mil crianças ucranianas aprendendo português.

Galeria de Fotos

Weam foi ferida em 2014. Ela, seu pai e seus três primos foram alvos de uma explosão
© Paddy Dowling

Do desespero à esperança: crianças além do conflito armado

As crianças são as mais vulneráveis em tempos de conflito armado. Elas são recrutadas como crianças-soldados, sequestradas, mutiladas ou mortas, violadas sexualmente, suas escolas e hospitais são atacados e são privadas de ajuda humanitária essencial. Em todo o mundo, mais de 400 milhões de crianças vivem em países afetados por conflitos violentos. De acordo com o último Relatório Anual do Secretário-Geral sobre Crianças e Conflitos Armados, cerca de 19,3 mil crianças foram vítimas de graves violações em 2020. (Exibição organizada pelo Gabinete do Representante Especial do Secretário-Geral para Crianças e Conflitos Armados)

Mais notícias

A vice-secretária-geral da ONU, Amina Mohammed, encontra alunos em Bali, Indonésia.
UNDRR

Na Indonésia, vice-chefe da ONU destaca alta de desastres sem ações preventivas
BR

Assuntos da ONU Amina Mohammed está em Bali para a Plataforma Global para Redução do Risco; ela ressaltou dados de estudo que estimam possibilidade de mais de um desastre,  por dia, sem medidas de gestão de risco.

Guterres pede que nesta celebração do dia do continente haja união global em solidariedade com todos os africanos
Foto: Ouri Pota.

No Dia da África, ONU celebra potencial regional e força da juventude
BR

Desenvolvimento econômico Em mensagem, secretário-geral António Guterres diz que ações como eliminação de barreiras comerciais e estratégia regional de desenvolvimento são fatores de otimismo; desafios incluem efeitos do conflito entre Rússia e Ucrânia, crises climática e financeira.