Top News

Forças de paz de Angola, Brasil e Portugal falam à ONU News sobre o serviço no terreno
BR

Neste Dia dos Capacetes Azuis, integrantes da República Centro-Africana estão entre os 15 mil trabalhadores internacionais na Missão da ONU no país, Minusca; Há oito anos, mulheres e homens de várias nações ajudam com a transição nos campos político, humanitário, de segurança e direitos humanos após o conflito na nação africana.

Sugestão de Editores

Reportagens

Em Kharkiv, na Ucrânia, homem se despede de sua esposa e filhos antes de partirem em um trem especial de evacuação
© UNICEF/Ashley Gilbertson VII Photo
Em Kharkiv, na Ucrânia, homem se despede de sua esposa e filhos antes de partirem em um trem especial de evacuação

Portugal está aberto a receber mais ucranianos ainda este ano
BR

Migrantes e refugiadosMinistra adjunta dos Assuntos Parlamentares disse à ONU News que país tem tradição de receber refugiados e a responder a fluxos migratórios devido à própria história de emigração durante os séculos; escolas portuguesas já têm 4 mil crianças ucranianas aprendendo português.

Galeria de Fotos

Weam foi ferida em 2014. Ela, seu pai e seus três primos foram alvos de uma explosão
© Paddy Dowling

Do desespero à esperança: crianças além do conflito armado

As crianças são as mais vulneráveis em tempos de conflito armado. Elas são recrutadas como crianças-soldados, sequestradas, mutiladas ou mortas, violadas sexualmente, suas escolas e hospitais são atacados e são privadas de ajuda humanitária essencial. Em todo o mundo, mais de 400 milhões de crianças vivem em países afetados por conflitos violentos. De acordo com o último Relatório Anual do Secretário-Geral sobre Crianças e Conflitos Armados, cerca de 19,3 mil crianças foram vítimas de graves violações em 2020. (Exibição organizada pelo Gabinete do Representante Especial do Secretário-Geral para Crianças e Conflitos Armados)

Mais notícias

Michele Bachelet durante encontro virtual com presidente da China, Xi Jinping.
Foto: © OHCHR

Bachelet descreve encontro com presidente da China como “valioso”
BR

Direitos humanos Alta-comissária de Direitos Humanos da ONU realiza visita oficial ao país; ela afirmou que ter conseguido uma “conversa direta” com o chefe de Estado Xin Jinping. 

A vice-secretária-geral da ONU, Amina Mohammed, encontra alunos em Bali, Indonésia.
UNDRR

Na Indonésia, vice-chefe da ONU destaca alta de desastres sem ações preventivas
BR

Assuntos da ONU Amina Mohammed está em Bali para a Plataforma Global para Redução do Risco; ela ressaltou dados de estudo que estimam possibilidade de mais de um desastre,  por dia, sem medidas de gestão de risco.