Top News

ONU anuncia criação de Índice da Juventude na Política
BR

Objetivo é verificar se os países estão dando espaço para juventude no setor; secretário-geral das Nações Unidas participou de Conferência de Alto Nível sobre Processos de Paz Inclusivo para a Juventude nesta quinta-feira; António Guterres quer que jovens tenham espaço garantido na mesa de negociações em várias frentes. 

Sugestão de Editores

Reportagens

Escola em Phnom Penh, Camboja.
Foto: © UNICEF/Seng
Escola em Phnom Penh, Camboja.

Vacinar crianças pode ajudar a diminuir a transmissão, diz representante da OMS
BR

SaúdeEm países com baixa cobertura vacinal, a prioridade não deve ser os menores de idade; pediatra e diretora-geral-adjunta para Medicamentos e Vacinação da agência da ONU destaca que na maioria dos casos, crianças entre 5 a 11 anos infectadas pelo coronavírus desenvolvem casos leves da doença.    

Galeria de Fotos

Exposição fotográfica “Em suas mãos: Mulheres tomando posse da paz” no Brooklyn Bridge Park, em Nova Iorque
ONU/Gaelle Sundelin

Em suas mãos: Mulheres tomando posse da paz

A exposição mostra o perfil de 14 mulheres que participaram em negociações de paz e defenderam os direitos e a participação feminina. A ONU fez parceria com fotógrafas locais, que documentam histórias de mulheres que lutam para construir paz em suas comunidades. A exposição ficará disponível até 1º de dezembro no Brooklyn Bridge Park. Em seguida, ela viajará para várias missões de paz da ONU na África antes de retornar a Nova Iorque para o Dia Internacional da Mulher em 8 de março de 2022.

Mais notícias

Presidente da 76ª Sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas, Abdulla Shahid
UN Photo/Cia Pak

Assembleia Geral da ONU divulga prioridades para 2022
BR

Assuntos da ONU Na primeira reunião do ano, presidente do órgão divulgou agenda; Abdulla Shahid pede foco na igualdade de vacinas, sustentabilidade e direitos humanos; líder do órgão reforçou compromisso com representatividade feminina e multilateralismo.

Desde 1980, cada década tem sido mais quente do que a anterior e tendência deve continuar
Unsplash/Alex Mertz

OMM confirma 2021 entre os sete anos mais quentes da história
BR

Clima e Meio Ambiente Apesar do La Ninã ter refrescado a temperatura média global, o ano passado foi um dos mais quentes já registrados; Organização Meteorológica Mundial prevê que aquecimento global continue, devido aos níveis recorde de gases de efeito estufa na atmosfera.