Relatório traz provas sobre violações cometidas por oficiais militares no Sudão do Sul

Crianças no Sudão do Sul. Foto: © UNICEF/UN066015/Hatcher-Moore (arquivo)

Comissão de Direitos Humanos da ONU no Sudão do Sul diz que tribunais já podem ser estabelecidos para começar julgamentos; levantamento inclui dezenas de relatos de violência.

Unicef revela que ciclones e violência ameaçam 720 mil crianças rohingya

Agência da ONU para migração busca US$ 194 milhões para ajudar sírios
BR

Caminho para paz na República Centro Africana continua “longo e difícil”

OMS e parceiros tentam evitar falha do sistema de saúde em Gaza
BR

ONU/Pierre Albouy

Chefe de direitos humanos cita “aniquilação monstruosa” em Ghouta Oriental
BR

Escalada da ofensiva por parte do governo e aliados levou a quase 350 mortes e mais de 870 feridos somente neste mês de fevereiro; Zeid Al Hussein lembra de civis que estão há cinco anos vivendo sob o cerco e privados das necessidades mais básicas.

Foto ONU: Manuel Elias

ONU recebeu 40 alegações de abuso ou exploração sexuais por parte de funcionários
BR

Casos foram reportados entre outubro e dezembro de 2017; secretário-geral quer transparência durante investigações; maioria das alegações vem de agências da ONU; vice-diretor-executivo do Unicef pediu demissão do cargo, nesta quinta-feira.

Imagem: ONU News

Destaque ONU News - 22 de fevereiro de 2018

O #DestaqueONUNews desta quinta-feira é apresentado por Leda Letra.

Neste programa, vamos falar de uma reunião que aconteceu no Brasil sobre refugiados; saber mais sobre a violência em Ghouta, na Síria e acompanhar os preparativos para as chuvas de monção na Ásia.

Ocha/Charlotte Cans

Relatório da ONU diz que liberdade de expressão é vital para o Sudão do Sul

Documento foi compilado em parceria com a Missão da ONU no país, Unmiss, e o Escritório de Direitos Humanos das Nações Unidas, com sede em Genebra.

Acnur/F. Malavolta

Reino Unido informa que acolheu mais de 10,5 mil em parceria com Acnur
BR

Compromisso é reassentar 20 mil pessoas através do Sistema de Reassentamento de Pessoas Vulneráveis (Vprs, na sigla em inglês); governo britânico divulgou números nesta quinta-feira; programa vai até 2020.

Manchetes em destaque