Top News

Cúpula da ONU em Bali divulga recomendações para evitar aumento de desastres
BR

Plataforma Global de Redução de Risco de Desastres de 2022 quer impedir que mundo enfrente 1,5 incidente, por dia, até 2030; recomendações do fórum incluem adoção de sistema de alerta precoce.

 

Sugestão de Editores

Reportagens

Em Kharkiv, na Ucrânia, homem se despede de sua esposa e filhos antes de partirem em um trem especial de evacuação
© UNICEF/Ashley Gilbertson VII Photo
Em Kharkiv, na Ucrânia, homem se despede de sua esposa e filhos antes de partirem em um trem especial de evacuação

Portugal está aberto a receber mais ucranianos ainda este ano
BR

Migrantes e refugiadosMinistra adjunta dos Assuntos Parlamentares disse à ONU News que país tem tradição de receber refugiados e a responder a fluxos migratórios devido à própria história de emigração durante os séculos; escolas portuguesas já têm 4 mil crianças ucranianas aprendendo português.

Galeria de Fotos

Weam foi ferida em 2014. Ela, seu pai e seus três primos foram alvos de uma explosão
© Paddy Dowling

Do desespero à esperança: crianças além do conflito armado

As crianças são as mais vulneráveis em tempos de conflito armado. Elas são recrutadas como crianças-soldados, sequestradas, mutiladas ou mortas, violadas sexualmente, suas escolas e hospitais são atacados e são privadas de ajuda humanitária essencial. Em todo o mundo, mais de 400 milhões de crianças vivem em países afetados por conflitos violentos. De acordo com o último Relatório Anual do Secretário-Geral sobre Crianças e Conflitos Armados, cerca de 19,3 mil crianças foram vítimas de graves violações em 2020. (Exibição organizada pelo Gabinete do Representante Especial do Secretário-Geral para Crianças e Conflitos Armados)

Mais notícias

Maria Gadú prepara presença na COP27 a acontecer neste ano no Egito
Loiro Cunha

Cantora Maria Gadú fala à ONU News sobre trabalho na África e o pós-pandemia
BR

Cultura e educação O abrandar do impacto da pandemia para muitos significa voltar a trabalhar em pleno; cantora, produtora, pesquisadora e ativista socioambiental conta como ocorre a retomada em áreas afetadas pela Covid-19; Maria Gadú fala ainda de seu trabalho em vários países africanos de língua portuguesa ligada a iniciativas de direitos humanos. A mais recente foi em Cabo Verde, onde ela esteve envolvida na campanha Livres e Iguais com o apoio da ONU Mulheres.  

Michele Bachelet durante encontro virtual com presidente da China, Xi Jinping.
Foto: © OHCHR

Bachelet descreve encontro com presidente da China como “valioso”
BR

Direitos humanos Alta-comissária de Direitos Humanos da ONU realiza visita oficial ao país; ela afirmou que ter conseguido uma “conversa direta” com o chefe de Estado Xin Jinping.