ONU nomeia general brasileiro para comandar forças de paz na RD Congo
BR

9 abril 2021

Marcos de Sá Affonso da Costa substituirá o general Costa Neves, que deixou o comando da força em 2 de abril; formado na Academia Militar das Agulhas Negras, ele vai chefiar tropas de 13 mil integrantes de mais de 50 países. 

O secretário-geral da ONU nomeou o general brasileiro Marcos de Sá Affonso da Costa para chefiar a Missão de Estabilização das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco. 

 

Ex-boina-azul, Affonso da Costa serviu na Missão de Verificação da ONU em Angola, Unavem, e em missões brasileiras no Peru e na França.  

  

Monusco
Soldados de paz da Missão de Paz das Nações Unidas na República Democrática do Congo, Monusco.

Selva 

  

No Exército brasileiro, o general comandou a Escola Preparatória de Cadetes, o Batalhão de Infantaria de Selva, de Infantaria Mecanizada e outros postos de liderança. 

  

Ele substituirá o general Costa Neves, que concluiu o mandato no fim de março.  

  

A Monusco tem 13 mil integrantes de 50 países. As forças de paz atuam na nação africana há vários anos e tentam pacificar o leste do país, alvo de confrontos com grupos armados e insurgentes. 

  

Desde 2019, o general Affonso da Costa trabalha na preparação de forças no terreno coordenando o treinamento militar das tropas brasileiras. 

  

Formado pela Academia Militar das Agulhas Negras, Marcos de Sá Affonso da Costa é bacharel em Administração e realizou estudos de defesa nacional em Paris, na França. 

 
O general brasileiro fala francês, espanhol e inglês. 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Não existe saída puramente militar para a RD Congo, diz general brasileiro

Comandante das Forças de Paz da ONU no país africano, Monusco, general Ricardo Augusto Ferreira Costa Neves, lidera 13 mil boinas-azuis de 50 países no terreno; no início de abril, ele retornará ao Brasil após cumprir seu mandato.

General brasileiro se despede da liderança da Missão de Paz na RD Congo

Comandante de 13 mil boinas-azuis de 50 países, general Ricardo Augusto Ferreira Costa Neves, chegou à Missão de Estabilização da ONU na República Democrática do Congo, Monusco, no início de 2020; ele ressaltou esforços coordenados entre civis e militares para enfrentar a violência, no leste do país africano, e garantir estabilidade e segurança para a população congolesa. Acompanhe a conversa com Monica Grayley, da ONU News.