PMA

Nações Unidas pedem US$ 2,4 bilhões para resposta de emergência no Sahel 
BR

ONU organiza conferência de alto-nível para discutir situação humanitária; secretário-geral diz que região “está em um ponto de ruptura”; violência e insegurança levaram 7,4 milhões de pessoas à fome aguda; em dois anos, número de pessoas deslocadas aumentou de 70 mil para quase 1,6 milhão. 

Acesso a alimentos gravemente desigual em todo o mundo 
BR

Novo relatório compara custo de uma refeição básica em vários países do mundo; no Sudão do Sul, país com a situação mais grave, um prato custa 186% do rendimento diário; se um morador de Nova Iorque tivesse que pagar a mesma proporção de seu salário por uma refeição, gastaria US$ 393. 

Programa Mundial de Alimentos é o Prêmio Nobel da Paz de 2020 
BR

Agência da ONU é a maior organização humanitária global atuando na questão da fome e promovendo a segurança alimentar; Comitê Nobel da Noruega destaca capacidade impressionante da agência em intensificar esforços na pandemia. 

PMA pede US$ 4,7 milhões para socorrer vítimas de conflito em Moçambique  
BR

Mais de 300 mil pessoas tiveram que fugir de suas casas após intensificação da violência na província de Cabo Delgado, no norte do país; área, na fronteira com a Tanzânia, tem sido alvo de combates entre extremistas islâmicos e as forças do governo.*

ONU em Timor-Leste mobiliza US$ 18 milhões para resposta à Covid-19 
BR

Fundos financiam 180 mil máscaras e 100 mil itens de equipamento de proteção pessoal; sete voos transportaram mais de 300 trabalhadores humanitários e quase quatro toneladas de bens; agências apoiam regresso às aulas com escolas quase todas reabertas.

Moçambique: PMA recebe mais apoio para resposta humanitária em Cabo Delgado
BR

Donativo norueguês deve apoiar dezenas de milhares de afetados por ataques armados no extremo norte; agência da ONU aponta que situação humanitária requer intervenções em diferentes setores e de forma coletiva; auxílio inclui apoio na resposta nacional à Covid-19.

Relator diz que Líbano precisa de apoio para evitar uma crise de fome 
BR

Em comunicado, o especialista em direitos à alimentação, Michael Fakhri, afirmou que a explosão de 4 de agosto no Porto de Beirute destruiu a principal fonte para entrada de alimentos, uma vez que os libaneses importam 85% dos produtos alimentícios que consomem.

Fome severa e desnutrição ameaçam milhares de refugiados no leste da África
BR

Programa Alimentar Mundial precisa de mais de US$ 300 milhões para apoiar resposta; agência da ONU alerta para mais cortes após impactos da Covid-19 terem levado a reduzir cerca de um terço da assistência ao grupo.

Três anos depois do início da crise, rohingya estão “mais vulneráveis ​​do que nunca” 
BR

Quase todos os refugiados dependem da assistência alimentar para sobreviver; no total, mais de 860 mil pessoas vivem nesses assentamentos em Bangladesh; Covid-19 e crise econômica estão dificultando a resposta humanitária. 

Agências da ONU destacam ação de jovens para recuperar Beirute após explosão 
BR

ONU Mulheres ressalta papel do grupo aproximando pessoas e despertando propósito e responsabilidade cívica; Unicef quer investir para aumentar capacidades do grupo para apoiar reconstrução no contexto da pandemia