Unicef apoia campanha de paternidade responsável com Anselmo Ralph em Angola

14 dezembro 2018

Cantor é uma das estrelas da iniciativa que pretende incentivar os angolanos a registarem os seus filhos; no país, apenas uma em cada quatro crianças com menos de 5 anos são registadas oficialmente.

A campanha Paternidade Responsável, lançada esta semana em Angola, pretende encorajar os homens a registarem os seus filhos e garantirem a essas crianças as oportunidades a que têm direito.

A iniciativa é do Ministério da Justiça e Direitos Humanos do país e tem o apoio do Fundo da ONU para a Infância em Angola, Unicef Angola, e da União Europeia, UE.

Anselmo Ralph

A campanha conta com a participação do cantor Anselmo Ralph, mas também com alguns anónimos como o porta-voz da Polícia Nacional ou o presidente da Associação de Taxistas de Luanda.

Num dos vídeos, o cantor explica que “a fuga à paternidade tem consequências graves na educação, saúde, proteção e desenvolvimento das crianças”. Segundo ele, “o futuro de Angola depende das suas crianças.”

Importância

Em Angola, apenas uma em cada quatro crianças com menos de 5 anos são registadas, de acordo com o Censo de 2014. Um estudo realizado como parte do Programa Nascer com Registo mostrou que a fuga à paternidade é uma das causas desse baixo número.

O texto da campanha afirma que “a falta de registo tem consequências graves no acesso a outros direitos como a educação, saúde, proteção e o desenvolvimento da criança.”

O lema da iniciativa é “seja um pai responsável, registe o seu filho e garanta o acesso da sua criança a direitos como a educação, saúde e proteção.”

Paternidade responsável

A organização define um pai responsável como alguém “presente na vida da criança, paciente e carinhoso”, que “regista a sua criança e participa do seu desenvolvimento, ou seja, acompanha a criança no momento da vacina, acompanha as tarefas da escola, educa com paciência e participa dos momentos de lazer.”

Todos podem participar na iniciativa. No caso dos pais, podem registar os sues filhos em maternidades ou nas conservatórias. Outros podem encorajar os amigos, familiares e membros da sua comunidade.

A campanha pede que todos divulguem as mensagens e os vídeos nas suas redes sociais usando a hashtag #PaternidadeResponsável.

Inscreva-se aqui para receber notícias da ONU News por email

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Em Angola, Nações Unidas apoiam plano para combater a corrupção

Coordenador residente contou à ONU News que procuradores-gerais angolanos foram capacitados com ferramentas para combater a prática; representante disse novas autoridades enviam “mensagem muito clara” para o fim do tipo de crime.

Pnud em Angola faz balanço das conquistas na área dos direitos humanos 

Agência da ONU apoia país na ratificação e implementação das várias convenções internacionais; plataforma interinstitucional pretende acelerar promoção dos direitos humanos; expectativa do Pnud é que sociedade civil esteja envolvida no processo.