Angola

Destaque ONU News - 16 de janeiro de 2019
BR

Neste #DestaqueONUNews, Guterres fala em “colocar pé no acelerador” ao detalhar atuação da ONU em 2019; Palestina assume presidência do “Grupo dos 77 e China” e para encerrar, uma reportagem sobre a melhora nas previsões econômicas para Angola, Cabo Verde e Moçambique.

Previsões económicas melhoram para Angola, Cabo Verde e Moçambique

Banco Mundial reviu de forma positiva previsões de crescimento para os três países lusófonos; previsões para Guiné-Bissau, Timor-Leste e Brasil revistas em baixa; estimativa de crescimento para economia mundial também caiu.

Relatório: três em cada quatro crianças angolanas sofrem várias privações

Novo estudo foi realizado pelo Instituto Nacional de Estatística do país com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância; a situação é mais preocupante nas zonas rurais.

Daniela Mercury presta homenagem à Declaração Universal dos Direitos Humanos
BR

Em entrevista para a ONU News, cantora brasileira, que também é embaixadora do Unicef, fala sobre sua luta pela igualdade e respeito às minorias, sua canção mais recente e a relação com os países lusófonos na África.

Quarta de Empregos

Na lista de vagas do Sistema das Nações Unidas de 26 de dezembro, conheça algumas oportunidades de trabalho em países como Angola, Brasil, Guiné-Bissau, Moçambique, Timor-Leste e outros. Além de países de língua portuguesa, saiba de empregos em outros escritórios da organização. Para receber os alertas, subscreva a newsletter da ONU News.  As vagas aparecem em inglês ou francês, línguas de trabalho das Nações Unidas.

De refugiada angolana para o mundo: “Tudo é possível. Há pessoas que estão a tentar ajudar”

Jemima Nsenga, de 18 anos, canta em grupo coral que celebrou a adoção do Pacto Global sobre Refugiados; ela foi recolocada nos Estados Unidos pelo Acnur; mais de 3 milhões de refugiados vivem em território norte-americano.

Unicef apoia campanha de paternidade responsável com Anselmo Ralph em Angola

Cantor é uma das estrelas da iniciativa que pretende incentivar os angolanos a registarem os seus filhos; no país, apenas uma em cada quatro crianças com menos de 5 anos são registadas oficialmente.

Em Angola, Nações Unidas apoiam plano para combater a corrupção
BR

Coordenador residente contou à ONU News que procuradores-gerais angolanos foram capacitados com ferramentas para combater a prática; representante disse novas autoridades enviam “mensagem muito clara” para o fim do tipo de crime.

Economia azul é oportunidade “excelente” para parcerias entre países de língua portuguesa

Diretor na Comissão Econômica da ONU para África fala de possíveis trocas envolvendo as nações do bloco; António Pedro vê oportunidades para cooperar, apesar de diferentes estágios de desenvolvimento.