Assembléia Geral fará sessão de emergência BR

Assembléia Geral fará sessão de emergência

Porta-voz do presidente afirma que países discutirão situação humanitária causada por conflito que já matou pelo menos 683 pessoas.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O presidente da Assembléia Geral da ONU, Miguel D’Escoto Brockmann (foto), convocou uma reunião de emergência para debater a situação humanitária nos territórios palestinos incluindo a Faixa de Gaza.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, deve participar do encontro, que é aberto a todos os países-membros da organização.

Propostas

Na quarta-feira, o Conselho de Segurança se reuniu pelo segundo dia consecutivo para discutir o assunto.

O embaixador da França, Jean-Maurice Ripert, que ocupa a presidência rotativa do conselho, contou que os países-membros estavam analisando duas propostas.

Rippert explicou que a Líbia apresentou um projeto de resolução, em nome dos países árabes, e o segundo documento se tratava de uma declaração presidencial.

Foguetes

A reunião terminou na noite de quarta-feira sem acordo.

O conflito em Gaza já matou pelo menos 680 pessoas e deixou mais de 3 mil feridas, segundo informações do Escritório de Assistência Humanitária da ONU, Ocha. O governo israelense diz que a operação militar é uma resposta a ataques com foguetes por militantes palestinos contra o sul do país.

De acordo com agências de notícias, nesta quinta-feira, a cidade de Naharya, no norte de Israel, foi alvo de ataques com foguetes Katiuscha.

A israelense Silvia Nudelman, que mora em Naharyia, disse à Rádio ONU que a população foi totalmente apanhada de surpresa.

Ajuda Humanitária

“Eu pensei que era um trovão, pois ontem havia muito trovão por causa da chuva. A minha filha me ligou me dizendo para eu não sair de casa porque estava caindo Katiuscha na cidade. Ela me disse para eu não sair de casa até que tenhamos uma resposta”, contou.

Até o momento ninguém assumiu a autoria do ataque, que foi condenado numa nota pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon.