ONU quer US$ 35 bilhões para vacinas, tratamentos e diagnósticos contra Covid-19 
BR

10 setembro 2020

Evento virtual da iniciativa Acelerador ACT destaca que US$ 15 bilhões desse montante serão para próximo trimestre; secretário-geral sublinha que investimento ajudaria a evoluir da fase inicial para aumento do impacto das ações contra a pandemia

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, pediu mais US$ 35 bilhões para que a Organização Mundial da Saúde, OMS, invista no programa Acelerador de Acesso a Tecnologias da Covid-19 sobre vacinas, tratamentos e diagnósticos. 

Em reunião virtual sobre a iniciativa Acelerador ACT, nesta quinta-feira, o chefe da ONU informou que US$ 15 bilhões desse montante serão necessários, nos próximos três meses. 

Combate 

Nesta entrevista à ONU News, de Genebra, a responsável pela área de vacinas na OMS e vice-diretora-geral da agência, Mariângela Simão, afirmou que a doença só poderá ser controlada inteiramente com a chegada de uma vacina a todos. 

Pesquisas para desenvolver uma vacina contra o coronavírus estão em andamento
No momento existem 174 candidatos de vacina da Covid-19 em pesquisa, by Unsplash

“Há uma estimativa que, até o momento, nesses meses todos da pandemia, que até 5% a 10% da população mundial já têm algum tipo de imunidade contra o coronavírus. Por isso é tão importante a pesquisa e o desenvolvimento de vacinas. No momento nós temos 174 candidatos de vacina em pesquisa.” 

O chefe das Nações Unidas contou que até agora foram entregues cerca de US$ 3 bilhões do “financiamento inicial”. O valor corresponde a menos de 10% do que a OMS requer para o programa que combate a doença. Até esta quinta-feira, haviam sido notificados 27.688.740 casos e mais de 900 mil mortes em todo o mundo. 

O apelo do secretário-geral foi reforçado pelo diretor-geral da OMS. Tedros Ghebreyesus, que reiterou o aumento dos ensaios clínicos sobre a Covid-19 como parte da iniciativa  lançada em abril. 

Urgência 

O chefe da ONU disse que os US$ 35 bilhões ajudariam a evoluir do arranque para o aumento do impacto no combate à pandemia. Para Guterres, existe uma urgência real nesses números. Sem os cerca de US$ 15 bilhões nos próximos três meses pode ser perdida a “janela de oportunidade”.  

Na reunião convocada para impulsionar o programa Acelerador ACT, o chefe da ONU disse que continua a ação para que todas as decisões sejam tomadas de forma coletiva e se dedicar todos os recursos necessários para vencer a pandemia. 

Guterres apontou como ação imediata expandir as ferramentas novas e já existentes para “responder rapidamente aos novos casos, além de fornecer tratamento vital para acabar com a transmissão e salvar vidas, em especial nos próximos 12 meses.” 

O secretário-geral disse que diante das expetativas de uma vacina é preciso deixar claro que “não há panaceia em uma pandemia”. Para ele, somente essa alternativa não poderia, por si só, resolver a crise no curto prazo. 

Mas Guterres também apelou que qualquer futura vacina seja vista como “um bem público global, disponível e acessível para todos, porque a Covid-19 não respeita fronteiras.” 

Mariângela Simão é diretora-geral assistente para Acesso a Medicamentos, Vacinas e Produtos Farmacêuticos da OMS
UNAIDS
Mariângela Simão é diretora-geral assistente para Acesso a Medicamentos, Vacinas e Produtos Farmacêuticos da OMS

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud