Cidades chinesas oferecem refeições gratuitas para médicos e enfermeiros
BR

2 abril 2020

Centenas de restaurantes aderiram a iniciativa para alimentar funcionários hospitalares que trabalham no combate à pandemia de covid-19 durante um ano; governo e outras organizações ofereceram aumentos salariais e entrada gratuita em eventos culturais. 

As cidades chinesas de Chengdu e Wuhan estão oferecendo refeições gratuitas para os “anjos” que lutam contra o covid-19, para mostrar respeito e apreciação pelo esforço de médicos, enfermeiros e equipes médicas.

Em Wuhan, o principal centro do surto, mais de 400 restaurantes da Associação de Panela Quente de Sichuan assumiram o compromisso de fornecer refeições gratuitas por um ano para todos os profissionais.

Solidariedade

Além disso, muitas das principais atrações turísticas decidiram fornecer entrada gratuita aos funcionários da área da saúde. Wuhan faz parte da lista de Cidades Criativas de Design da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, desde 2010.

A iniciativa é amplamente acolhida e apoiada pela população local. Várias empresas e empresas privadas estão se unindo a essa iniciativa para destacar sua gratidão.

Em Chengdu, no sudeste da China, centenas de restaurantes estão entregando refeições a todos os profissionais médicos. Chengdu faz parte da lista de Cidades Criativas da Gastronomia da Unesco desde 2010.

A cidade é conhecida por sua herança gastronômica e criatividade. Foi nesta cidade que nasceu a cozinha Sichuan, uma das quatro referências da culinária chinesa. 

O setor tem um grande peso na economia da região. Todos os anos, a cidade organiza muitas atividades nesta área, como o Festival Internacional de Alimentação e Turismo de Chengdu.

Reconhecimento

A inciativa dos habitantes pretende destacar a “dedicação altruísta e o trabalho valioso de médicos, enfermeiros e equipe médica na proteção do bem-estar e saúde dos companheiros habitantes da pandemia em curso.”

O governo local também adotou políticas e incentivos para apoiar estes profissionais.

Além de aumentos salariais e outros subsídios, foi dado acesso gratuito a várias atividades culturais. Outras organizações juntaram-se à iniciativa. O Emei Film Group e a Sichuan Provincial Film Company, por exemplo, criaram o “vale oferta anjos”, que permite assistir, de forma gratuita, a 100 filmes. 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Economia global deve encolher quase 1% em 2020 devido à pandemia do coronavírus

Novo relatório do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais destaca desafios econômicos como aumento da pobreza e desigualdade; antes do novo coronavírus, previsão era de que PIB global aumentaria 2,5% esse ano.