ONU confirma 190 incidentes de tráfico e perda de material radioativo em 2019
BR

13 fevereiro 2020

Aiea ressalta reforço da segurança e combate ao terrorismo nuclear com mais de 140 países; países prometeram fazer mais para evitar situação.

A Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, disse ter sido notificada de quase 190 incidentes com material nuclear e radioativo fora de controle regulatório em 2019. Esses elementos incluem casos de tráfico e outras atividades criminosas.

Em nota divulgada em Viena, a agência da ONU revela que as informações sobre o tema foram enviadas pelos países de uma forma voluntária ao Banco de Dados de Incidentes e Tráfico de Pessoas, Itdb.

Ameaça de Terrorismo

O relatório foi publicado durante a Conferência Ministerial da Aiea, que esta semana analisou medidas de reforço da segurança nuclear e combate à ameaça do terrorismo nuclear.

No ano passado, ocorreram 189 incidentes relatados ao Itdb por 36 Estados. Estas ocorrências indicam que “prosseguem atividades e eventos não-autorizados envolvendo materiais nucleares e outros materiais radioativos, incluindo incidentes de tráfico e uso perigoso”.

De acordo com a agência, seis desses incidentes estão relacionados ao tráfico ou ações para causar dano. Apesar disso, há uma ligeira tendência de diminuição de casos, após se ter chegado ao pico de 20 ocorrências há cerca de 15 anos.

Em relação a 183 incidentes não existem informações suficientes para determinar se há qualquer conexão com tráfego, uso mal-intencionado ou nenhuma delas.

Incidentes

O relatório aponta que na última década, a média de incidentes reportados ao Itdb  foi de 185 por ano.

De acordo com o diretor da Divisão de Segurança Nuclear da Aiea, Raja Adnan, o banco de dados continua recebendo relatos de incidentes com material potencialmente utilizável para armas nucleares e fontes de alta atividade. Alguns deles foram tentativas de venda de materiais além-fronteiras.

O especialista destaca que esses casos ilustram o caráter internacional da questão do tráfico ilícito e a necessidade de esforços de cooperação para combater essas ameaças e desafios que enfrentamos globalmente.

Segurança Nuclear

Mais de 140 países adotaram uma declaração para melhorar a segurança nuclear global no evento desta semana.

Ministros e representantes de alto nível comprometeram-se a combater o tráfico ilícito de material nuclear e radioativo e garantir que estes elementos não possam ser usados por atores não-estatais para fins mal-intencionados.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Concurso desafia adolescentes a promover ensino de tecnologia nuclear

Estudantes com menos de 18 anos devem participar em grupos; Aiea recebe propostas incluindo novos planos de ensino, aplicativos, campanhas na redes sociais, apresentações e entrevistas.

Argentino, novo chefe da Aiea, priorizará comunicação, inovação e igualdade de gênero

Rafael Mariano Grossi assume cargo de diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica neste 3 de dezembro; essa é a primeira vez que um latino-americano comanda a agência.