Dia Mundial de Assistência Humanitária, brasileira em Moçambique e chefe do Acnur no Brasil
BR

19 agosto 2019

Neste #DestaqueONUNews, as homenagens pelo Dia Mundial de Assistência Humanitária, brasileira conta sua experiência de ações em Moçambique após ciclones; E para encerrar, chefe do Acnur encerra visita ao Brasil com apelo para mais ajuda aos venezuelanos.

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Brasileiras contam sobre ação em Moçambique no pior desastre em décadas

Mulheres são foco do Dia Mundial de Assistência Humanitária; após cinco meses do ciclone Idai a jornalista Natália da Luz e a chefe do PMA Karin Manente revelam experiências no auxílio a milhares de vítimas.

Chefe do Acnur encerra visita ao Brasil com apelo para mais ajuda aos venezuelanos

Filippo Grandi disse que impacto de refugiados e migrantes da Venezuela sobre comunidades anfitriãs tem sido avassalador em estados como Roraima e Amazonas; mais de 180 mil venezuelanos recebem abrigo em território brasileiro.