Unicef lança programa para compra de roupa de inverno para crianças sírias

11 fevereiro 2019

Cerca de 12 mil beneficiários serão apoiados pela iniciativa na cidade de Alepo; vales eletrónicos permitem que famílias possam enfrentar baixas temperaturas; projeto também pretende apoiar economia local.

Na Síria, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, lançou um programa de vales eletrónicos inteligentes para apoiar refugiados e deslocados internos. Cada vale contém um valor que varia consoante o número de crianças da família e permite comprar roupas em lojas pré-selecionadas.

O programa pretende não só apoiar as famílias com peças de vestuário para o inverno rigoroso, dando aos pais flexibilidade na escolha de produtos, mas tem também como objetivo apoiar a economia local.

Inverno

Crianças sírias experimentam as novas roupas de inverno compradas através do programa apoiado pela Unicef.
Foto Unicef/ Syria 2019/ Khudr Al- Issa

Na cidade de Alepo,  o Departamento de Desenvolvimento Internacional do Reino Unido, Dfid, apoia ações para chegar a 12 mil crianças menores de 15 anos em oito bairros arrasados pela guerra. Os vales podem ser descontados ​​em 24 lojas.

O Unicef lembra que com a queda das temperaturas, as crianças e suas famílias em toda a Síria não têm nada para se defender do frio.

As famílias que vivem em abrigos coletivos para deslocados internos ou que retornaram às suas casas destruídas enfrentam uma grave falta de serviços, sendo especialmente vulneráveis.

Dificuldades

Com os anos de violência, deslocamento, perda de meios de subsistência e esgotamento dos recursos financeiros, os sírios deixaram de ser capazes de assegurar as necessidades básicas de seus filhos, incluindo roupas de inverno.

Como milhares de outras famílias na Síria, o agregado chefiado por Hameed dependia da compra de roupas usadas e apenas quando era extremamente necessário.

Este pai de família, partilhou com o Unicef que “se não fossem os vales, não poderia comprar roupas de inverno este ano". Ele explicou que neste período “até as roupas usadas” estão além dos seus meios. 

Segundo Hameed, todos os recursos que tem serve para reparar a sua casa que foi destruída e para “conseguir comida e medicamentos.”

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Síria: 40 mil pessoas em Rukban recebem assistência humanitária

Operação das Nações Unidas e parceiro consiste em 118 camiões de ajuda humanitária; ONU destaca que é necessário encontrar solução duradoura e segura para estes refugiados.

Síria: violência e condições climáticas severas mataram 32 crianças desde dezembro

OMS muito preocupada com situação humanitária no acampamento de Al-Hol; 23 mil pessoas chegaram ao local nos últimos dois meses; na área sem aquecimento faltam serviços de saúde, alojamento e saneamento.