Autorizado o aumento do contingente militar e policial da Minusca

26 março 2015

Missão da ONU na República Centro-Africana ganhará mais 750 militares e 280 policias, após decisão do Conselho de Segurança; órgão considera que situação no país continua a ser ameaça à segurança internacional.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O Conselho de Segurança aprovou uma resolução, esta quinta-feira, que aumenta o contingente da Missão Integrada de Estabilização das Nações Unidas na República Centro-Africana, Minusca.

Foi autorizada a ampliação do pessoal militar em mais 750 componentes e de mais 280 policias, além de 20 oficiais de correção.

Preocupação

O Conselho pede ainda ao secretário-geral para manter o nível dos militares e dos policias da Minusca sob constante revisão.

A decisão do órgão é explicada na própria resolução, uma vez que o texto destaca que a situação na República Centro-Africana continua a ser uma ameaça à paz e à segurança internacionais.

Leia também:

Para OMS, República Centro-Africana passa por emergência de saúde

Segundo relatora, grupos armados continuam a aterrorizar centro-africanos

Agricultores da República Centro-Africana em situação de emergência

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud