República Centro Africana

Situação da República Centro-Africana em discussão nas Nações Unidas

Secretário-geral participou no encontro realizado à margem da Assembleia Geral; porta-voz da missão da ONU no país, Minusca, falou à ONU News dos maiores desafios para estabilizar o país onde atuam militares de Portugal e do Brasil.

Milhares fogem da violência na República Centro-Africana
BR

Civis buscam abrigo em região remota no norte da RD Congo; nova onda de deslocamentos deixa alarmada a Agência da ONU para Refugiados, Acnur; 7 mil pessoas chegaram à região em menos de uma semana.

Serviço e sacrifício: boina-azul camaronesa empodera mulheres

Gladys Ngwepekeum Nkeh é oficial da Polícia das Nações Unidas, Unpol. Natural dos Camarões, ela trabalha com a Missão de Paz da ONU na República Centro-Africana.

Acnur: número sem precedentes de civis foge da República Centro-Africana
BR

Acnur: número sem precedentes de civis foge da República Centro-Africana
BR

Milhares continuam cruzando a fronteira com o Chade e segundo agência da ONU, meio milhão de centro-africanos estão refugiados em países vizinhos; total de deslocados internos passa de 688 mil pessoas.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque. 

Áudio -

Sudaneses deixam terras centro-africanas após uma década de exílio

Sudaneses deixam terras centro-africanas após uma década de exílio

Acnur quer processo de reintegração seguro e inclusivo para centenas de pessoas que regressam a Darfur; última etapa de transferência envolveu 66 voos fretados em menos de um mês.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Áudio -

Milhares de centro-africanos fogem da violência e seguem para o Chade

Milhares de centro-africanos fogem da violência e seguem para o Chade

Refugiados recebem auxílio do Acnur; mais de 5 mil civis já foram para o país nas últimas semanas, a escapar de conflitos entre grupos armados na cidade de Paoua.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.* 

Áudio -

Missão da ONU na República Centro-Africana condena violência sectária
BR

Casos, com perda de vidas, ocorreram em Paoua, no noroeste do país; Minusca enviou patrulhas para evitar novos ataques.

Áudio -