Dia Mundial da Vida Selvagem ressalta conservação de recursos florestais
BR

3 março 2021

Em mensagem de vídeo, secretário-geral lembra que as matas abrigam 80% de todas as espécies terrestres e fornecem subsistência a milhões de pessoas; comunidades indígenas gerem 28% da terra de todo o globo.

Este 3 de março é o Dia Mundial da Vida Selvagem. Todos os anos, o mundo perde 4,7 milhões de hectares de floresta. Uma quantidade comparável a mais que o território da Dinamarca.

Nesta mensagem de vídeo, o secretário-geral da ONU, António Guterres, lembra que as matas são fundamentais para se atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

Clima

Guterres ressalta que as florestas do planeta abrigam cerca de 80 por cento de todas as espécies selvagens terrestres.  São elas também que ajudam a regular o clima e apoiam a subsistência de milhões de pessoas.  

Uma outra preocupação da ONU é com o tráfico de madeira, causa de até 90% do desmatamento tropical em alguns países.

Para o chefe da ONU, o problema afeta também os mais pobres do mundo. Uma vez que nove em cada 10 pessoas que vivem nessas condições dependem dos recursos florestais.

EUA anunciaram nova meta para atingir uma redução de entre 50% e 52% dos níveis de poluição de gases de efeito estufa
Unesco/Kologrivsky Biosphere Reserve
EUA anunciaram nova meta para atingir uma redução de entre 50% e 52% dos níveis de poluição de gases de efeito estufa

Crimes

Guterres diz que cerca de 28 por cento da terra de todo o mundo são geridos por comunidades indígenas, incluindo algumas das florestas mais intactas do planeta.  Essas matas fornecem subsistência e identidade cultural.   

A exploração desenfreada das florestas causa ainda perda de biodiversidade e alterações no clima.  

Para ele, os governos devem aumentar seus compromissos de fazer mais para proteger as florestas em todo o mundo.

No Dia Mundial da Vida Selvagem, a ONU chama a atenção ainda para o comércio ilegal de espécies e atividades do crime organizado contra a natureza que também levam a doenças zoonóticas como ebola, Covid-19 e outras enfermidades.
 
 
 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud