Iniciativa global para distribuição justa de futuras vacinas reúne 156 países   BR

Opas está auxiliando os governos para revisarem seus programas de imunização.
Universidade de Oxford/John Cairns
Opas está auxiliando os governos para revisarem seus programas de imunização.

Iniciativa global para distribuição justa de futuras vacinas reúne 156 países  

Saúde

Pelo menos 64 economias mais desenvolvidas aderiram à aliança Covax; meta é entregar 2 bilhões de doses em todo o mundo até 2021; expetativa é que mais 38 países de alta renda se juntem à rede nos próximos dias. 

A Organização Mundial da Saúde, OMS, informou que 156 países já aderiram ao esquema global da Covax. A aliança pretende garantir a distribuição justa de futuras vacinas contra a Covid-19

A agência lidera a iniciativa com alguns dos 64 países mais desenvolvidos do mundo. Estas nações têm capacidade de se autofinanciar e concentram cerca de dois terços da população global. 

Níveis de renda 

Segundo a OMS, até esta segunda-feira havia 30.949.804 casos e 959.116 mortes por Covid-19 em todo o mundo.  

A parceria que também inclui a Aliança de Vacinas Gavi e a Coalizão para Inovações de Preparação para Epidemias, Cepi, tinha estabelecido até sexta-feira o prazo às nações interessadas para assumirem compromissos vinculativos. 

Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, OMS, Tedros Ghebreyesus.
Diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, OMS, Tedros Ghebreyesus. , by ONU/ Elma Okic

A meta da Covax é distribuir 2 bilhões de doses de doses da futura vacina em todo o mundo até 2021. A prioridade é imunizar profissionais de saúde e 20% de pessoas mais vulneráveis em países participantes, independentemente do nível de renda. 

O diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus disse que a via mais rápida para o fim da pandemia e acelerar a recuperação econômica global é garantir que “algumas pessoas sejam vacinadas em todos os países” 

Desafios 

Falando a jornalistas, em Genebra, ele citou novas pesquisas mostrando que a grande maioria apoia o acesso equitativo às vacinas. Para ele é encorajador “o grande número se inscrevendo na Iniciativa Covax.” 

Pata Tedros, um dos maiores desafios é o funcionamento eficaz do programa Acelerador ACT de Acesso a Tecnologias da Covid-19 sobre vacinas, tratamentos e diagnósticos. Cerca de US$ 3 bilhões foram investidos na fase inicial, o correspondente a 10% dos US$ 35 bilhões para sua expansão e impacto.  

A agência precisa imediatamente de US$ 15 bilhões “para manter o ímpeto e permanecer no caminho certo” para cumprir os cronogramas definidos para a iniciativa. 

Promessas  

Tedrosapontou ainda o desafio de impulsionar a ação do Acelerador ACT e do Covax. A fase atual é um “ponto crítico” nesse sentido, sendo preciso um “aumento significativo no compromisso político e financeiro dos países.” 

Nos próximos dias, a aliança Covax espera que mais 38 países de alta renda se juntem à iniciativa. 

As áreas de pesquisa e desenvolvimento já receberam promessas de US$ 1,4 bilhão para investir em vacinas. No entanto, a OMS disse precisar com urgência de fundos que estão no intervalo entre US$ 700 milhões e US$ 800 milhões. 

OMS estima que quase 85% de todas as unidades foram administradas em países de alta e média alta renda
Aiea/FAO
OMS estima que quase 85% de todas as unidades foram administradas em países de alta e média alta renda