Guterres diz que cooperação entre Portugal e as Nações Unidas é “exemplar”

22 setembro 2019

Secretário-geral da ONU teve encontro bilateral com presidente português na sede da ONU em Nova Iorque; representantes falaram sobre contingente português na República Centro-Africana, mudança climática e Conferência dos Oceanos. 

O Secretário-geral da ONU, António Guterres, teve um encontro bilateral este domingo, em Nova Iorque, com o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.

Falando a jornalistas no final da reunião, o chefe da ONU disse que a cooperação entre o país e a organização é “exemplar”.

Apostas

Militares portugueses na Minusca, by Minusca

Durante o encontro, os dois representantes falaram sobre o contingente português na República Centro-Africana, mudança climática, migração e a Conferência dos Oceanos. 

Sobre a participação de Portugal na Missão da ONU na República Centro-Africana, Minusca, Guterres destacou “a coragem, a eficácia e a extrema importância” dos militares portugueses.

“Em circunstâncias particularmente difíceis, o contingente português tem sido precioso para que as Nações Unidas possam proteger os civis, com grupos armados muito agressivos. O contingente português tem demonstrado uma capacidade fora do normal, admirada por todos os outros países presentes nesse cenário.”

O secretário-geral também destacou a Conferência dos Oceanos, que acontece em 2020 em Lisboa, dizendo que é “uma das apostas fundamentais das Nações Unidas para o próximo ano”.

“Cada vez mais a problemática dos oceanos e a problemática do clima estão interligadas e vemos com imenso gosto a liderança de Portugal na preparação dessa conferência dos oceanos. Estamos profundamente empenhados no seu êxito.”

Clima e refugiados

Esta segunda-feira, 23 de setembro, acontece na sede da ONU o Encontro de Cúpula sobre Ação Climática. O presidente de Portugal é o único representante de um país lusófono que irá participar. 

António Guterres disse que para ele, enquanto português, era “um motivo de particular orgulho ver que Portugal tem estado na linha da frente em matéria de alterações climáticas”, que considera uma questão central.

O chefe da ONU também destacou o trabalho de Portugal na área da migração. 

“Portugal será o primeiro país a aprovar o plano de ação para o Compacto das Migrações, e também em matéria de refugiados. E isso num momento em que, infelizmente, vemos tantas portas fechadas, vemos tanta falta de humanismo. Esse exemplo de Portugal é extremamente reconfortante e muito importante para as Nações Unidas.”

António Guterres terminou pedindo ao presidente de Portugal que transmita “aos portugueses e ao governo português o profundo apreço pela contribuição de Portugal para as Nações Unidas e para a comunidade internacional”.

Por sua vez, o presidente de Portugal disse que o país “reafirma, um ano mais, um apoio integral às opções e às prioridades do secretário-geral.” 

Sobre o encontro de alto-nível dedicado ao clima, Marcelo Rebelo de Sousa disse que “representa um passo fundamental que traduz a liderança do secretário-geral numa causa que é universal.”   

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Militares portugueses na República Centro-Africana recebem medalha da ONU

180 homens e mulheres da 5ª Força Nacional Destacada regressam esta semana a Portugal; representante especial do secretário-geral no país disse que soldados de paz cumpriram com sucesso a “missão delicada”.