Chefe do FMI, Christine Lagarde, confirma nomeação para presidente do Banco Central Europeu

2 julho 2019

Lagarde anunciou que deixará de exercer temporariamente suas responsabilidades como diretora administrativa do organismo multilateral; ex-ministra francesa foi primeira mulher no mais alto cargo do Fundo Monetário Internacional.

A diretora-geral do Fundo Monetário Internacional, FMI, Christine Lagarde, confirmou esta terça-feira que foi nomeada como presidente do Banco Central Europeu.

Em nota, Lagarde disse estar “honrada pela nomeação” e que, em consulta com o Comitê de Ética do Conselho Executivo do FMI, decidiu “deixar temporariamente de exercer responsabilidades como diretora administrativa durante o período de nomeação”.

Parlamento

De acordo as normas do Banco Europeu, a pessoa  nomeada deve ser confirmada em sessão de votação no Parlamento Europeu. Se for aprovada, a substituta do italiano Mario Draghi deverá assumir o comando de uma instituição que pretende “impulsionar o crescimento econômico na Europa”.

Advogada e política francesa, Christine Lagarde foi a primeira mulher que assumiu o comando do mais alto cargo do FMI, em 2011. Cinco anos depois, renovou o primeiro mandato.

Cargo

Entre 2007 e 2011, Christine Lagarde foi ministra das Finanças da França e também titular da área de Estado do Comércio Exterior por dois anos.

Em 2005, foi presidente de uma firma internacional de advogados, uma função que deixou para assumir o seu primeiro cargo ministerial na França.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Guiné-Bissau com “forte interesse” em novo programa do FMI

Grupo de especialistas visitou o país e reuniu com chefes de Estado e de governo; nova visita pode acontecer em setembro para discutir acordo com novo executivo; em 2019, défice orçamental deve ser 3% e economia deve crescer 5%.