Guterres: ONU pronta para apoiar áreas atingidas por tsunami na Indonésia
BR

24 dezembro 2018

Secretário-geral expressou “profunda tristeza” com perda de vidas, feridos e estragos causados pelo tsunami que ocorreu na costa do país no final do sábado, horário local; chefe das Nações Unidas estendeu suas condolências às famílias das vítimas, ao governo e ao povo da Indonésia. 

Em comunicado divulgado por seu porta-voz, o secretário-geral António Guterres expressou “profunda tristeza” pela perda de vidas, ferimentos e danos causados pelo tsunami que atingiu a costa da Indonésia no final do sábado, hora local.

De acordo com agências de notícias, pelo menos 200 pessoas teriam morrido e mais de 850 ficaram feridas depois di tsunami devastador na costa no estreito de Sunda, na ilha indonésia de Sumatra. As áreas de Pandenglang, Lampung Sul e Serang foram as mais afetadas.

De acordo com relatos, ruas e estradas foram danificadas e várias pessoas estão desaparecidas.

O chefe da ONU estendeu suas condolências às famílias das vítimas, ao governo e ao povo da Indonésia, e desejou uma rápida recuperação dos feridos.

Guterres disse que “as Nações Unidas estão prontas para apoiar os contínuos esforços de resgate e socorro liderados pelo governo”.
 

Inscreva-se aqui para receber notícias da ONU News por email. 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud

 

Rastreador de notícias: últimas sobre o tema

Unicef Portugal angaria € 250 mil para ajudar crianças vítimas de desastres da Indonésia

Recolha de fundos ainda decorre; diretora executiva do Unicef Portugal confiante em atingir objetivo; terramoto e tsunami afetaram mais 600 mil pessoas, entre as quais muitas crianças.

Agências da ONU apoiam vítimas de terremoto que matou 2,1 mil na Indonésia

Terramoto e tsunami atingiram ilha de Sulawesi em setembro; acampamentos de deslocados apresentam maior risco de doenças contagiosas; Nações Unidas ajudam setores da saúde e alimentação.