Coordenador da ONU diz que Israel segue construindo assentamentos na Cisjordânia
BR

19 junho 2018

Nickolay Mladenov falou ao Conselho de Segurança esta terça-feira; Agência da ONU de Assistência aos Refugiados Palestinos, Unrwa, deve ter de fazer cortes nas próximas semanas devido à falta de orçamento.

O coordenador especial para o Processo de Paz no Oriente Médio, Nickolay Mladenov, disse esta terça-feira ao Conselho de Segurança que Israel continua o processo de construção de assentamentos em territórios palestinos.

Segundo ele, cerca de 3,5 mil habitações estão sendo construídas ou estão em fase de aprovação em locais ocupados da Cisjordânia. Nenhum assentamento está sendo desenvolvido em Jerusalém Oriental.

Violência

Mladenov afirmou que “toda a atividade de assentamento é ilegal sob a lei internacional” e que isso “enfraquece as possibilidades de criar um Estado palestino viável”.

O coordenador especial destacou a recente violência na região, sobretudo durante os protestos em Gaza. Segundo ele, 135 palestinos foram mortos por forças de segurança de Israel.

Crianças palestinas na escola.
Crianças palestinas na escola. A Unrwa deve começar a fazer cortes nas próximas semanas. Unrwa.

Mladenov disse que o país “tem o dever de proteger todos os seus cidadãos, mas deve fazê-lo usando a força letal apenas como último recurso”.

Segundo ele, o Hamas e outros militantes usaram os protestos para “realizar atos violentos e de provocação”. Mladenov acredita que esse comportamento coloca em risco “os esforços para criar um futuro suportável para as pessoas de Gaza”.

Fronteira

O coordenador especial também saudou a decisão do Egito de abrir a fronteira de Rafah, a única passagem entre o país e a Faixa de Gaza, que permitiu a passagem de 14 mil palestinos para Gaza e o regresso de outros 3 mil. Mladenov espera que a situação na região permita que a fronteira continue aberta.

O responsável também avisou que a Agência da ONU de Assistência aos Refugiados Palestinos, Unrwa, terá de fazer “cortes dolorosos” dentro de algumas semanas, devido à falta de US$ 250 milhões no orçamento.

Na próxima segunda-feira, acontece em Nova Iorque uma conferência de doadores para a Unrwa.

 

Apresentação: Daniela Gross.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud