Milhares fogem da violência na República Centro-Africana BR

República Democrática do Congo: Outra preocupação é com a segurança dos civis, após novas denúncias de assassinatos, sequestros, mutilações e violência sexual.
Foto: Ocha/Eve Sabbagh
República Democrática do Congo: Outra preocupação é com a segurança dos civis, após novas denúncias de assassinatos, sequestros, mutilações e violência sexual.

Milhares fogem da violência na República Centro-Africana

Migrantes e refugiados

Civis buscam abrigo em região remota no norte da RD Congo; nova onda de deslocamentos deixa alarmada a Agência da ONU para Refugiados, Acnur; 7 mil pessoas chegaram à região em menos de uma semana.

Em menos de uma semana, 7 mil civis da República Centro-Africana fugiram do país por conta da violência e buscaram abrigo no norte da República Democrática do Congo.

Essa nova onda de deslocamento deixou a Agência da ONU para Refugiados, Acnur, alarmada. Em Genebra, o porta-voz William Spindler explicou que os refugiados fugiram da violência no sudeste da República Centro-Africana.

Área remota

O porta-voz do Acnur contou que os civis chegaram na RD Congo desesperados por assistência. A maioria são mulheres e crianças. As pessoas estão concentradas no remoto vilarejo de Kanzawi, no norte do país.

A rapidez com que os deslocados chegaram à região e a falta de presença humanitária por lá são desafios. A própria capacidade do Acnur em ajudar está limitada.

Sem financiamento

Para cada US$ 10 que a agência precisa para os trabalhos na RD Congo, apenas US$ 1,6 está financiado. Só existe uma fonte de água no local e as pessoas têm de beber água do rio. Muitas dormem ao relento.

Os refugiados contaram que escaparam dos confrontos entre grupos anti-Balaka na área de Kouango, na fronteira entre os dois países. Em menos de um ano, o total de refugiados da República Centro-Africana na RD Congo passou de 102 mil para 182 mil, sem contar com as chegadas desta última semana.

O Acnur agradece ao governo da RD Congo por manter suas fronteiras abertas.

Apresentação: Leda Letra.