Tranferências de dinheiro através do telemóvel para comprar alimentos em Cote d’Ivoire

4 outubro 2011

PMA desembolsa US$ 1,6 milhões para apoiar projecto-piloto para 10 mil famílias vulneráveis da capital comercial, Abidjan.

Eleutério Guevane, da Rádio ONU em Nova Iorque.

A ONU lançou um programa-piloto de transferência de dinheiro através do telemóvel para apoiar a  aquisição de alimentos por famílias pobres afectadas pela crise pós-eleitoral da Côte d'Ivoire.

Um sistema de alerta via sms vai permitir que a transacção seja feita, por  mais de 10 mil famílias vulneráveis dos distritos de Abobo e Yopougon na capital comercial, Abidjan.

Caixas Automáticos

Após o sinal, os beneficiários poderão levantar os valores em caixas automáticos do provedor local de telecomunicações, anunciou o Programa Mundial da Alimentação, PMA, que lançou o sistema.

Para o projecto foram desembolsados US$ 1,6 milhões, e prevê-se que cada família receba US$ 75 mensais. De acordo com o  PMA, o valor é equivalente ao cabaz de alimentos básicos de uma família de cinco pessoas.

Primeira Transferência

Através de cartões SIM, os beneficiários devem receber a primeira transferência em finais de Outubro.

O director da agência em Côte d'Ivoire, Alain Cordeil, considerou o método “particularmente adequado para famílias com baixo poder de compra em áreas urbanas, onde há comida nos mercados e não há dinheiro para comprá-los.”

O país da África Ocidental, está a recuperar do impacto da crise, que levou ao deslocamento de milhares de pessoas. A instabilidade política seguiu-se à recusa do  antigo presidente Laurent Gbagbo em deixar o poder para o seu sucessor, Alassane Ouattara, que venceu as presidenciais de Novembro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud