ONU marca Dia Mundial da Conscientização sobre Tsunamis 
BR

5 novembro 2021

Organização chama atenção para risco de 700 milhões de pessoas; desastre causou quase 10% das perdas econômicas nos últimos 20 anos; eventos especiais para marcar a data compartilham formas para ajudar a baixar risco de tsunamis com maiores danos e mortes. 

As Nações Unidas marcam neste 5 de novembro o Dia Mundial da Conscientização sobre Tsunamis. Este ano, a data incentiva o aumento da cooperação internacional com os países em desenvolvimento para baixar os riscos. 

O Quadro de Sendai para Redução do Risco de Desastres prevê que seja dado auxílio adequado e sustentável a este grupo de nações para que completem as ações necessárias para reduzir desastres naturais até 2030. 

Gestão do risco 

Este ano, as Nações Unidas também marcam o quinquênio do lançamento da “Campanha Sendai Sete”. A iniciativa promove metas globais para reduzir mortes, perdas e melhorar a gestão do risco de desastres. 

A ONU destaca que uma maior colaboração nesse sentido ajudaria a garantir que até o fim da década todas as comunidades em risco de tsunamis estivessem mais bem preparadas e resilientes em caso de o fenômeno acontecer.  

Dia Mundial da Conscientização sobre Tsunamis foi proposto pelo Japão pela experiência frequente do país lidando com este tipo de desastres
Ocha/Anthony Burke
Dia Mundial da Conscientização sobre Tsunamis foi proposto pelo Japão pela experiência frequente do país lidando com este tipo de desastres

 

Até esta data, a previsão é de que metade da população mundial esteja vivendo em áreas costeiras expostas a inundações, tempestades e a estes eventos raros considerados “os mais mortais e mais caros de todos os perigos.”  

Em termos de prejuízos, o recorde mundial foi o terremoto seguido de tsunami em Tohoku, no Japão. Em 2011, os danos causados pelo fenômeno ultrapassaram US$ 235 bilhões. 

A ONU revelou que mais de 700 milhões de pessoas vivem atualmente em áreas costeiras baixas e em pequenos Estados insulares em desenvolvimento que estão expostos a eventos extremos ao nível do mar, incluindo tsunamis. 

Oceanos 

Nas últimas duas décadas, os tsunamis foram responsáveis ​​por quase 10% das perdas econômicas em desastres. A situação causou prejuízos no desenvolvimento, especialmente em países que fazem fronteira com os oceanos Índico e Pacífico. 

A data foi adotada pela Assembleia Geral da ONU para mobilizar os países, organismos internacionais e a sociedade civil a aumentar a consciência sobre os tsunamis e compartilhar abordagens inovadoras para a redução de riscos. 

O Dia Mundial da Conscientização sobre Tsunamis foi proposto pelo Japão pela experiência frequente do país lidando com este tipo de desastres.  

O resultado foi a acumulação de grande perícia japonesa em setores como alerta precoce, ação pública e reconstrução para reduzir impactos futuros destes fenômenos. 

 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud