Transportes sustentáveis são chave para alcançar os Objetivos Globais
BR

14 outubro 2021

Desde carros e ônibus elétricos, passando por fontes de energia de zero carbono, novas tecnologias são cruciais para combater a mudança climática; Pequim recebe a partir desta quinta-feira a Conferência Global sobre Transportes Sustentáveis.  

A capital da China, Pequim, recebe a partir desta quinta-feira a Conferência Global sobre Transportes Sustentáveis. Antes do encontro, o chefe do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU, Desa, afirmou que “o tempo está passando para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável até 2030”.  

Segundo Liu Zhenmin, é preciso reconhecer a importância de ampliar os progressos em várias áreas cruciais, incluindo o setor dos transportes. O chefe do Desa lembra que os transportes são essenciais para “promover conectividade, comércio, crescimento econômico e empregos”.  

Veículos elétricos  

Universidade do Rio de Janeiro criou um ônibus híbrido movido a hidrogênio e à eletricidade que não polui o meio ambiente.
UN Brazil/Ana Rosa Alves
Universidade do Rio de Janeiro criou um ônibus híbrido movido a hidrogênio e à eletricidade que não polui o meio ambiente.

Ainda assim, o setor é um grande emissor de gases de efeito estufa. Nesta semana, o Desa divulgou um relatório sobre a sustentabilidade dos transportes, destacando como novas tecnologias são chave para mudar o paradigma. 

O documento cita, por exemplo, veículos de baixa emissão de carbono, como os carros elétricos, sistemas de transportes inteligentes e a criação de infraestruturas digitais que diminuam consequências perigosas para o clima.  

Reduzir impactos ambientais  

Ônibus elétrico é carregado em terminal no Chile. Processo dura 2,5 horas.
Foto: IMF/Tamara Merino
Ônibus elétrico é carregado em terminal no Chile. Processo dura 2,5 horas.

O Desa aponta, no entanto, que apesar do enorme potencial para tornar o setor dos transportes sustentável, essas novas tecnologias podem aumentar as desigualdades entre as pessoas.  

Por isso, a divisão da ONU recomenda medidas para ampliar o acesso de todos aos transportes sustentáveis e ações para mitigar os impactos ambientais em toda a cadeia de produção dos veículos.  

O relatório pede ainda aos governos a regulamentação de todas as novas tecnologias de transportes. Para o Desa, a conferência em Pequim será um momento histórico para discutir desafios, oportunidades e soluções do setor de forma global.  

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud