Alimentos da merenda escolar vão chegar a 1,5 milhão de venezuelanos até 2023 
BR

2 julho 2021

PMA iniciou entrega que beneficiará 185 mil crianças e funcionários dos centros educativos; agência prioriza menores de seis anos das áreas mais afetadas pela insegurança alimentar. 

Cerca de 42 mil embalagens de alimentos chegaram à área de Maracaibo, noroeste da Venezuela, no primeiro mês de operação das Nações Unidas que distribuirá alimentos a crianças e funcionários de escolas em situação de fragilidade. 

De forma progressiva, a meta é chegar a 185 mil beneficiários até o final deste ano. A iniciativa visa 1,5 milhões de cidadãos do país até 2023.  

Merenda escolar  

Em nota, o Programa Mundial de Alimentos, PMA, disse ter feito o primeiro carregamento para o centro de logística enquanto se prepara para lançar o programa de merenda escolar para alunos e funcionários. 

O ano letivo foi interrompido pela Covid-19. 

Entrega de alimentos nutritivos será feita ao mesmo tempo que reabilitação de cantinas e treinamento
Acnur/William Wroblewski
Entrega de alimentos nutritivos será feita ao mesmo tempo que reabilitação de cantinas e treinamento

A agência da ONU permitirá que a merenda escolar incluindo arroz, lentilhas, sal e óleo vegetal. sejam levados para a casa. 

Crise  

Em meados de abril, o anúncio da iniciativa foi um passo importante para aumentar a capacidade operacional, especialmente responder à insegurança alimentar. 

Este é um dos alvos do apelo humanitário internacional lançado para beneficiar 4,5 milhões de venezuelanos com US$ 708,1 milhões. Entre as questões mais críticas do plano estão lidar com a saúde da população, a desnutrição, a mobilidade humana e os riscos de proteção e acesso a serviços essenciais. 

Segurança  

A prioridade da iniciativa do PMA é atender menores de seis anos nas áreas mais afetadas pela insegurança alimentar.  

A agência das Nações Unidas planeia administrar a cadeia de abastecimento, com ações que irão desde a compra de alimentos até à distribuição nas escolas. 

A entrega da merenda escolar nutritiva será realizada ao mesmo tempo que a reabilitação de cantinas e o treinamento de funcionários escolares para que estas introduzam práticas de segurança alimentar. 

Pacotes de alimentos preparados na Colômbia para distribuição em escolas na Venezuela.
PMA/Lorena Peña
Pacotes de alimentos preparados na Colômbia para distribuição em escolas na Venezuela.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud