Em celebração de ano novo budista, chefe da ONU diz que mensagem de “unidade e serviço é mais importante do que nunca” BR

Celebrações do Dia do Vesak na Assembleia Geral, em Nova Iorque, em 2011
Foto: ONU/Evan Schneider
Celebrações do Dia do Vesak na Assembleia Geral, em Nova Iorque, em 2011

Em celebração de ano novo budista, chefe da ONU diz que mensagem de “unidade e serviço é mais importante do que nunca”

Assuntos da ONU

Dia do Vesak é ocasião sagrada para milhões de budistas em todo o mundo; António Guterres diz que ensinamentos são inspiração na luta global contra pandemia de covid-19.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, marcou esta quinta-feira o Dia do Vesak, a celebração do ano novo budista, dizendo que é “uma ocasião sagrada para milhões de budistas em todo o mundo.”

Em mensagem, o chefe da ONU disse que “honrando o nascimento, a iluminação e a morte de Buda”, todos “podem ser inspirados por seus ensinamentos.”

Pandemia

O secretário-geral destacou os impactos da pandemia de covid-19 e lembrou um dos ensinamentos do sutra, as escrituras que são tratadas como registros dos ensinamentos orais de Buda: "Como todos os seres vivos estão sujeitos a doenças, eu também estou doente."

Para Guterres, “essa mensagem atemporal de unidade e serviço aos outros é mais importante do que nunca.” Ele disse que, somente se unindo, o mundo será capaz de parar o vírus e recuperar suas sociedades.

Nesse dia do Vesak, o chefe da ONU pediu ainda que as pessoas “atuem pelos outros com compaixão e solidariedade e renovando seu compromisso de construir um mundo pacífico.”