Na Indonésia, Guterres elogia “força e resiliência” de vítimas de terramoto e tsunami
BR

12 outubro 2018

Secretário-geral caminhou por lugares destruídos e recebeu informação sobre coordenação de ajuda de emergência; governo indonésio elogiado pelas operações de socorro.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, visitou esta sexta-feira a cidade indonésia de Palu para acompanhar em primeira mão a destruição causada pelo terremoto e tsunami que devastaram a área da ilha de Sulawesi há duas semanas.

Em sua conta no Twitter, Guterres dedicou uma mensagem às pessoas que viu e com quem conversou: “sua força e resiliência são notáveis”.

Guterres expressou profunda tristeza com “o sofrimento de tantas pessoas em Palu, diante de tanta destruição”
Guterres expressou profunda tristeza com “o sofrimento de tantas pessoas em Palu, diante de tanta destruição” , by Ocha/Anthony Burke

Esforços

O chefe da ONU destacou ainda que a organização está presente apoiando os afetados nos esforços de busca e socorro liderados pelo governo.

Guterres também expressou profunda tristeza com “o sofrimento de tantas pessoas em Palu, diante de tanta destruição” causada pelos desastres. O representante elogiou o governo pelos esforços de socorro.

António Guterres realiza a visita acompanhado pelo subsecretário-geral para os Assuntos Humanitários, Mark Lowcock, e pela e coordenadora residente da ONU Indonésia, Anita Nirody.

Representantes

Em Palu, o chefe da ONU reuniu-se com o vice-presidente indonésio, Muhammad Jusuf Kalla, o governador de Sulawesi Central, Longki Djanggola, e o chefe da Autoridade Nacional de Gestão de Desastres, Willem Rampangilei. No encontro ocorrido no Aeroporto Mutiara SIS Al-Jufrie, também estiveram representantes das forças de segurança

Neste vídeo, você confere imagens da visita de Antonio Guterres à Indonésia. 

Guterres caminhou pelos lugares destruídos e foi informado sobre a coordenação de emergência regional e internacional na área, onde mais de 18 mil pessoas fugiram das suas casas, do total de 88 mil deslocados pelos desastres no país.

O terremoto e o tsunami provocaram cerca de 2 mil mortos, quase 11 mil feridos graves e 680 desaparecidos. As Nações Unidas estimam que 67 mil casas foram danificadas, além de danos causados a edifícios, lojas, mesquitas e hotéis.

Guterres esteve em áreas da costa e num hospital parcialmente destruído pelo desastre no bairro de Balaroa, no momento em que algumas pessoas eram tratadas.

 

 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud