ONU abrigará primeira Conferência de Alto Nível sobre Contraterrorismo

22 junho 2018

Encontro reúne de 29 a 29 de junho, em Nova Iorque, quase todos os líderes de agências de combate ao terrorismo no mundo; secretário-geral assistente do Escritório da ONU Contraterrorismo, Vladimir Voronkov, diz que é oportunidade de mostrar união.

Na próxima quinta-feira, chefes de agências de contraterrorismo de todo o mundo vão encontrar-se pela primeira vez na sede da ONU, em Nova Iorque, para partilhar ideias, recursos e conhecimentos de como lutar contra o terrorismo internacional.

Em uma entrevista com a ONU News, o secretário-geral assistente do Escritório da ONU Contra o Terrorismo, Vladimir Voronkov, disse que o encontro é uma oportunidade de “mostrar unidade” e “falar a uma só voz”.

Cooperação

Voronkov acredita que derrotar grupos como o Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil, tem de envolver “o nível familiar, das comunidades locais, do Estado, e da cooperação internacional”. Segundo ele, “apenas este tipo de abordagem pode ser completa”.

A Conferência de Alto Nível Sobre Contraterrorismo acontece na próxima quinta e sexta-feira e vai focar-se no fortalecimento da cooperação “para combater a ameaça em desenvolvimento do terrorismo”.

Voronkov afirmou que representantes da sociedade civil e especialistas no tema vão juntar-se “à maioria dos chefes de agências de todo o mundo”.

Para o chefe do Escritório da ONU, “é importante ter projetos que melhorem capacidades” e “construam um ambiente resistente”. Ele acredita que isso será uma grande ajuda para ajudar os países a eliminar grupos terroristas.

O responsável acredita que, “depois de derrotar o Isil, construir esta sociedade resistente, este Estado resistente, é a maior missão das atividades de contraterrorismo”.

Internet

Sobre a necessidade de combater terroristas no ciberespaço, impedindo o recrutamento e propaganda na internet, o responsável explicou que a colaboração com o setor privado é essencial.

Voronkov disse que empresas como Google e Facebook “estão a fazer um trabalho muito importante a este nível” e que também é importante ter mais países a assumir a liderança em áreas especificas deste combate.

Na conferência da próxima semana, vão acontecer sessões sobre financiamento de contraterrorismo, prevenção de extremismo violento e incitação, direitos de sobreviventes, e combate ao uso da internet pelos terroristas.

Na entrevista, Voronkov destaca a importância de trabalhar com os jovens que podem ser atraídos pelo extremismo. Segundo ele, tem de se envolver as pessoas em áreas sensíveis, como no Norte do Mali.

 

Apresentação: Alexandre Soares

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud