ONU condena ataque que matou duas policiais na Bélgica
BR

30 maio 2018

Segundo agências de notícias, assassino atacou vítimas a facadas, na cidade de Liége; António Guterres afirmou que a ONU é solidária à Bélgica na luta do país contra o terrorismo.

As Nações Unidas emitiram uma nota condenando um ataque realizado na terça-feira na cidade de Liége, na Bélgica.

Duas policiais morreram no atentado quando foram atacadas a facadas por um homem, que segundo agências de notícias teria conseguido arrancar o revólver das policiais e começado a atirar a esmo logo em seguida.

Recuperação

O atentado ocorreu no fim da tarde de terça-feira num café em Liége.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, enviou condolências às famílias das vítimas, ao governo da Bélgica e desejou uma pronta recuperação aos feridos.

Segundo a nota, as Nações Unidas são solidárias à Bélgica na luta do país contra o terrorismo e o extremismo violento.

De acordo com a mídia local, os promotores belgas estão tratando o caso como um “homicídio terrorista”.

Segundo testemunhas, houve tumulto e pânico na hora do ataque. O autor do atentado chegou a atirar contra dois policiais que chegaram ao local e foi morto pela polícia. Um dos policiais está em estado grave.

Apresentação: Monica Grayley

 

 

 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud