ONU: População de São Paulo deve chegar a 22 milhões até 2050

16 maio 2018

Relatório Perspectivas Mundiais de Urbanização recomenda planejamento urbano mais sustentável nos países; Tóquio será cidade mais povoada do mundo nas próximas três décadas atingindo 37 milhões de pessoas.

Cerca de dois terços dos habitantes do planeta viverão nas cidades até 2050, de acordo com a Revisão de 2018 do relatório “Perspectivas Mundiais de Urbanização” das Nações Unidas.

 

O documento divulgado esta quarta-feira, em Nova Iorque, destaca que mais de 2,5 bilhões de pessoas passarão a viver em áreas urbanas nas próximas décadas com as mudanças demográficas e o crescimento populacional.

São Paulo

O relatório do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais, Desa, prevê que a cidade brasileira de São Paulo terá cerca de 22 milhões de habitantes nos próximos 32 anos, tal como deve acontecer com a Cidade do México.

Tóquio lidera a lista dos centros urbanos que serão os mais povoados em 2050, com 37 milhões de habitantes. A seguir estarão Nova Deli com 29 milhões e Xangai, com 26 milhões de habitantes.

“Megacidades”

Em termos de países, 35% dos habitantes urbanos deverá viver na Índia, na China e na Nigéria.

O número das chamadas “megacidades” será de 43 até 2030. Nessa categoria de centros urbanos, a população ultrapassa 10 milhões de habitantes.

O documento destaca ainda que é preciso um planejamento urbano mais sustentável com o aumento antecipado da demanda por recursos e serviços públicos pelas populações.