Guterres condena ataques com mísseis na Arábia Saudita
BR

26 março 2018

No domingo, houthis teriam lançado uma série de mísseis em várias cidades, incluindo a capital Riad; no dia em que conflito no Iêmen completa três anos, secretário-geral destaca que escalada militar não é solução.

O secretário-geral da ONU condena fortemente o lançamento, no domingo, de uma série de mísseis em cidades da Arábia Saudita, incluindo a capital Riad. Segundo o seu porta-voz, o ataque teria sido reivindicado pelos houthis, integrantes de um movimento islâmico criado no Iêmen.

Em Nova Iorque, o porta-voz Farhan Haq lembrou que esta segunda-feira, 26 de março, marca o aniversário de três anos do conflito no Iêmen.

Diálogo 

Segundo ele, o secretário-geral pede contenção em meio às tensões e reforça que uma escalada militar não é solução. Guterres faz um apelo a todos os lados, para que cumpram com as obrigações que têm de proteger civis e infraestrutura civil de ataques, como manda a lei internacional humanitária.

O enviado especial da ONU para o Iêmen fez uma visita a Riad e estará em Sanaa nesta semana para encontrar com vários representantes iemenitas. O secretário-geral Guterres enfatiza que uma negociação política por meio do diálogo “inclusivo entre iemenitas” é a única maneira de acabar com o conflito e tratar a crise humanitária no país.

 

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud