ONU começa entregar ajuda humanitária em Ghouta Oriental nesta segunda-feira

4 março 2018

Nações Unidas fizeram o anúncio este domingo; 46 caminhões devem chegar com mantimentos e medicamentos para 27,5 mil pessoas.  

Um comboio de 46 caminhões com material médico e mantimentos para 27,5 mil pessoas deve chegar à cidade da Duma, em Ghouta Oriental, na Síria, esta segunda-feira, informou o Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários, Ocha.

O coordenador humanitário na Síria, Ali Al-Za'tari, disse esperar "que o comboio prossiga conforme planeado e será seguido por outros comboios.”

Inferno na Terra

Al-Za'tari afimou que “as equipas no terreno estão prontas para fazer tudo o que é necessário para que isso aconteça."

Cerca de 400 mil pessoas vivem cercadas em Ghouta Oriental, numa situação que o secretário-geral da ONU, António Guterres, descreveu como "inferno na Terra".

Este ano, foi entregue ajuda humanitária nesta região apenas uma vez, a 14 de fevereiro, tendo chegado a 7,2 mil pessoas.

Cessar fogo

O coordenador regional da ONU para a crise da Síria, Panos Moumtzis, informou este domingo que ainda não houve fim das hostilidades desde que o Conselho de Segurança aprovou por unanimidade uma resolução pedindo um cessar-fogo nacional de 30 dias, a 24 de fevereiro.

Segundo Moumtzis, "em vez de um alívio muito necessário, continuamos a ver mais combates, mais mortes e mais noticias perturbadoras sobre fome e hospitais bombardeados.”

O coordenador regional disse que “esta punição coletiva de civis é simplesmente inaceitável."

Moumtzis explicou que "a ONU e os parceiros humanitários estão prontos para ajudar os 13,1 milhões de pessoas necessitadas na Síria, mas não podem fazê-lo sozinhos."

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud