Vídeo: ONU pede fim de ações armadas e início de diálogo entre ELN e Colômbia
BR

15 janeiro 2018

Assista ao vídeo da entrevista coletiva do secretário-geral da ONU a jornalistas colombianos no encerramento de sua viagem oficial ao país; o vídeo foi divulgado na página da Missão da ONU na rede social Facebook; para ouvir ou baixar o áudio em espanhol clique no ícone ao lado.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.

Em entrevista a jornalistas em Bogotá, capital da Colômbia, para encerrar visita oficial ao país, o líder das Nações Unidas António Guteres disse que os atos recentes de violência entre o grupo armado Exército de Libertação Nacional, ELN, e forças da Colômbia são "preocupantes".

Guterres afirmou que o ELN e o governo da Colômbia devem trabalhar por uma solução pacífica para o conflito. Ele lembrou ainda que o Conselho de Segurança também pediu, durante sessão sobre o país, na semana passada, um fortalecimento do cessar-fogo e a manutenção de avanços alcançados nos últimos três meses entre ambas as partes colombianas.

Vítimas

O chefe da ONU contou que, nos últimos dois dias, ele se reuniu com o presidente Juan Manuel Santos e integrantes do governo, representantes das Farc, da Conferência Episcopal, da sociedade civil e com vítimas do conflito.

António Guterres também viajou a Mesetas, no Departamento de Meta, para conhecer um programa de capacitação e reintegração de ex-combatentes das Farc, na manhã de domingo.

De acordo com as Nações Unidas, a liderança do processo de paz cabe somente aos colombianos. Ao ser perguntado sobre a continuidade dos diálogos com o ELN, ele lembrou que a ONU está pronta para assistir no que os colombianos precisarem.

Venezuela

Guterres também disse que instruiu o representante dele no país, Jean Arnault, a tomar as medidas necessárias para que o diálogo possa ser retomado levando a uma solução pacífica.

Os jornalistas também perguntaram sobre a crise política na Venezuela e a chegada de refugiados do país à Colômbia, cortes no orçamento da ONU e a situação do financiamento da Agência de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud