Papa dá apoio total à erradicação da fome em visita ao PMA BR

Papa Francisco em visita à sede do PMA em Roma, Itália. Foto: PMA/Guilio d'Adamo

Papa dá apoio total à erradicação da fome em visita ao PMA

Chefe da Igreja Católica pediu aos funcionários da agência da ONU que “não se cansem ou fiquem dissuadidos”; Francisco pediu aos Estados-membros que aumentem a cooperação com o PMA.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova York.

O papa Francisco deu apoio total aos projetos e ações para a erradicação da fome durante sua visita, esta segunda-feira, à sede do Programa Mundial de Alimentos, em Roma, na Itália.

O chefe da Igreja Católica pediu aos funcionários da agência da ONU que “não se cansem ou fiquem dissuadidos com os problemas”.

Apelo

Francisco fez também um apelo para que os Estados-membros “aumentem de forma decisiva a cooperação com o PMA”.

Segundo ele, “dessa forma a agência terá não só condições de responder a emergências como também implementar e promover projetos e programas de desenvolvimento de longo prazo’.

O papa falou ainda do impacto dos conflitos quando os suprimentos de comida não são distribuídos em zonas de guerra, numa violação às leis internacionais.

Francisco afirmou que “em alguns casos, a fome é usada como arma de guerra”.

Desperdício

O chefe da Igreja Católica citou ainda o problema do desperdício de comida dizendo que “isso representa alimentos roubados da mesa das pessoas mais pobres e famintas”.

Para o papa, “a sobrecarga de informação” está deixando as pessoas insensíveis à pobreza extrema. Segundo ele, “aos poucos, a comunidade internacional está ficando cada vez mais imune às tragédias de outras pessoas”.

Francisco disse que “sem faces e histórias, as vidas humanas se tornam estatísticas e correm o risco de uma burocratização do sofrimento dos outros”. O papa afirmou que “a burocracia lida com papeis e a compaixão lida com seres humanos”.

A visita de Francisco chama atenção para a necessidade urgente de se pôr um fim à fome. O PMA tem como principal meta atingir o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 2 que busca atingir a “Fome Zero” no mundo até 2030.

Leia Mais:

Papa Francisco visita sede do Programa Mundial de Alimentos