Pelo rádio, Ban apela por eleições pacíficas na República Centro-Africana

30 dezembro 2015

Secretário-geral afirmou que pleito é “momento histórico para o país”; Missão da ONU apoia processo eleitoral; confrontos entre milícias ex-Séléka e anti-Balaka causaram a morte de milhares de pessoas e deslocaram centenas de milhares.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas usou as ondas de rádio da República Centro-Africana para fazer um apelo por uma forte presença nas eleições desta quarta-feira.

Ban Ki-moon afirmou que o pleito será um “momento histórico” para o país.

Cristãos e Muçulmanos

A ONU tem desempenhado um importante papel na tentativa de restaurar a paz após a erupção dos combates entre milícias ex-Séléka, de maioria muçulmana, e anti-Balaka, de maioria cristã, no início de 2013.

Os confrontos causaram a morte de milhares de pessoas e obrigaram centenas de milhares a fugir de suas casas.

Após nove meses de maior estabilidade, uma nova onda de violência entre comunidades eclodiu em setembro e matou 130 pessoas, deixou 430 feridos e causou um aumento de 18% no número de deslocados internos para 447,5 mil.

Solidariedade

O chefe da ONU expressou sua solidariedade à população da República Centro-Africana e afirmou que nunca tantos cidadãos do país se registaram para votar.

Ban convidou a todos a usarem o seu “direito ao voto sem deixar que outros os impeçam de se expressarem pacificamente”.

O secretário-geral declarou ainda que as Nações Unidas estarão ao lado dos centro-africanos neste “momento crítico”.

Missão da ONU

A Missão da ONU na República Centro-Africana, Minusca, informou que na segunda-feira a situação na capital do país, Bangui, permaneceu calma com o fim do período de campanha.

Ao mesmo tempo, a Autoridade Eleitoral Nacional emitiu orientações sobre a votação para abordar preocupações a respeito de alegações de fraude.

A Minusca continua a distribuir material eleitoral aos locais de votação e enviou tropas adicionais a Ndélé, Birao e Sibut.

Além disso, a missão da ONU e a Autoridade Eleitoral Nacional facilitaram uma reunião entre os 30 candidatos presidenciais para discutir o planeamento de segurança do dia da eleição, a transmissão de resultados e os procedimentos de voto e o seu apuramento.

Leia Mais:

República Centro-Africana: eleições devem ocorrem na quarta-feira | Rádio das Nações Unidas

Relatora apela à grande participação nas eleições centro-africanas | Rádio das Nações Unidas

Em Bangui, 90% dos eleitores aprovam nova constituição centro-africana | Rádio das Nações Unidas

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud