Missão da ONU na República Centro-Africana

ONU determinada a promover estabilização política na República Centro-Africana 
BR

Chefe das Operações de Paz fala à ONU News em visita oficial ao país; Jean-Pierre Lacroix realça importância de condições de trabalho para tropas de paz em clima livre de ameaças e outros obstáculos; forças portuguesas comandam atuação da ONU e da União Europeia para treino militar e capacitação. 

Jornal da ONU - 21 de fevereiro de 2020

Áudio -
4'58"

Primeira policial brasileira na República Centro-Africana é do estado do Pará
BR

Boina-azul Darilene Monteiro conta que muitos centro-africanos perguntam a ela sobre futebol e a vida no Brasil; para a militar, presença da mulher em missões de paz ajuda na prevenção de conflitos e na promoção do diálogo com a população.*

Unicef: toda uma geração centro-africana pode crescer traumatizada
BR

Violência e insegurança provocaram deslocamento de mais de 1,3 milhão de crianças; um quinto das escolas do país está encerrado; sudoeste centro-africano tornou-se região mais atingida pelas ações de criminosos.

Guterres destaca vontade política em mensagem sobre Dia da ONU
BR

Secretário-geral disse que o mundo tem os recursos para vencer desafios atuais como aumento de conflitos, temperaturas extremas e armas nucleares entre outros.

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.

Este 24 de outubro é o Dia das Nações Unidas.

Áudio -

Guterres destaca vontade política em mensagem sobre Dia da ONU
BR

Condenação internacional de ataques na República Centro-Africana

Instituições ressaltaram que “todos os ataques à população civil e equipas humanitárias e da ONU podem ser sujeitos a processo judicial”; organizações reiteraram importância da Iniciativa Africana para Paz e Reconciliação, que tem apoio de Angola.

Áudio -

Condenação internacional de ataques na República Centro-Africana

Vaga de violência faz pelo menos quatro mortos na República Centro-Africana

Ataques contra Missão das Nações Unidas feriu cinco soldados de paz; secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou violência.

Laura Gelbert, da Rádio ONU em Nova Iorque.

Áudio -

Vaga de violência faz pelo menos quatro mortos na República Centro-Africana