Conselho de Segurança condena ataque em estação de trem na Rússia BR

Conselho de Segurança condena ataque em estação de trem na Rússia

Órgão considera ação “terrorista”, que fez pelo menos 16 mortos em Volgogrado; ataque também foi condenado pelo Secretário-Geral Ban Ki-moon.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Conselho de Segurança condenou nos termos mais fortes o ataque suicida ocorrido na estação de trem da cidade de Volgogrado, na Rússia. Em nota divulgada este domingo, o órgão classifica a ação de “ataque terrorista”.

Segundo agências de notícias, pelo menos 16 pessoas morreram quando uma mulher explodiu uma bomba presa ao próprio corpo, deixando várias outras feridas. O ataque também foi condenado pelo Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon.

Ameaça 

O Conselho de Segurança expressou condolências aos familiares das vítimas e ao governo russo. O órgão reafirma que “todas as formas de terrorismo são uma das ameaças mais sérias à paz e à segurança internacional”.

Segundo o Conselho, “qualquer ato de terrorismo é criminoso e injustificável, independente de sua motivação ou por quem foi cometido.” Na nota, o órgão também reafirma sua determinação em combater todas as formas de terrorismo, de acordo com a Carta das Nações Unidas.

Os membros do Conselho também destacam a necessidade de levar à justiça os autores, organizadores e financiadores desses “atos repreensíveis.”