Ban pede a países que adotem Tratado de Não-Proliferação

26 setembro 2013

Ban Ki-moon pediu à Coreia do Norte e ao Irão cooperação no processo de desnuclearização; e pediu ao mundo mais ação para enfrentar o desafio do desarmamento.

Edgard Júnior, da Rádio ONU em Nova Iorque.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que o sucesso do desarmamento nuclear vai fortalecer a paz e a segurança internacionais.

Ban Ki-moon fez a declaração em discurso, esta quinta-feira, na reunião de alto nível da Assembleia Geral sobre o tema.

Benefícios

O chefe da ONU disse que algumas pessoas acham que o desarmamento nuclear não passa de um sonho, mas ele afirma que isso ignora os benefícios que a iniciativa trará para o mundo.

Segundo Ban, o desarmamento libertaria uma grande quantidade de recursos necessários para o desenvolvimento económico e social e também, avançaria com o Estado de Direito.

Para além disso, ajudaria a salvar o meio ambiente, impediria que terroristas e extremistas pudessem fazer uso do material e acabaria com o medo que ameaça toda a humanidade.

Processo

Ban fez um pedido à Coreia do Norte e ao Irão.

O Secretário-Geral apelou aos norte-coreanos que demonstrem o compromisso com o processo de desnuclearização que possa ser supervisionado.

Ele quer que os iranianos cumpram a promessa de aumentar a transparência do seu programa nuclear.

Ban pediu aos países que não fazem parte do Tratado de Não-Proliferação e que adotem o acordo sem demora e sem pré condições.

Avanços

Ele declarou que o mundo já alcançou alguns avanços em relação ao desarmamento. O chefe da ONU citou que as remessas de armas nucleares estão a diminuir há décadas e que alguns países fecharam locais de testes e suspenderam a produção de materiais atômicos.

O Secretário-Geral deixou claro que é importante que o Médio Oriente se livre de armas nucleares ou de outros tipos de armamentos de destruição em massa.

Ban afirmou que “o mundo tem de fazer mais para enfrentar o desafio do desarmamento.” Segundo ele, “essa agenda não pode decair, ela tem de avançar pelo bem comum da humanidade.”

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud