Com G-20, chefe da ONU discute Síria e desenvolvimento sustentável
BR

4 setembro 2013

Secretário-Geral participa da reunião com os líderes das 20 maiores economias mundiais, que começa nesta quarta-feira;  Ban Ki-moon deve pedir assistência humanitária para os mais de 2 milhões de refugiados sírios.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU chega esta quarta-feira a São Petersburgo, na Rússia, para participar do encontro com os líderes do G-20, o grupo das maiores economias do mundo, que inclui o Brasil.

Antes da viagem, Ban Ki-moon anunciou, em Nova York, que apesar do encontro focar em questões econômicas, ele também vai debater a situação na Síria.

Oportunidade

Ban disse que irá “usar a oportunidade da reunião para engajar os líderes mundiais na tragédia” que ocorre no país árabe.

O Secretário-Geral deve pedir assistência humanitária para os mais de 2 milhões de sírios refugiados e outros 4,2 milhões de civis que estão deslocados dentro do país.

Outro tema que Ban irá tratar com os representantes do G-20 são os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, um conjunto de oito metas contra a pobreza global que deve ser concluído até o fim de 2015.

O desenvolvimento sustentável também está na agenda do chefe da ONU durante o encontro de dois dias na Rússia. Na última sexta-feira, Ban enviou sua tradicional carta aos líderes do grupo, dizendo que uma forte ação coletiva do G-20 é essencial para progressos no combate à insegurança alimentar, mudança climática e erradicação da pobreza.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud