Passar para o conteúdo principal

ONU expressa indignação com atentado bombista na Somália

ONU expressa indignação com atentado bombista na Somália

Ataque ocorrido na reabertura do Teatro Nacional de Mogadíscio matou pelo menos seis pessoas e provocou dezenas de feridos.

Eleutério Guevane, da Radio ONU em Nova Iorque.

As Nações Unidas expressaram indignação com o ataque suicida ocorrido esta quarta-feira na capital somali durante a celebração da reabertura do Teatro Nacional de Mogadíscio. O atentado culminou com a morte de pelo menos seis pessoas e fez dezenas feridos.

O Representante do Secretário-Geral da ONU para a Somália, Augustine Mahiga, reagiu ao atentado a partir de Istambul, onde estava reunido com autoridades turcas para busca de apoios para a Somália. Ele expressou “tristeza com a perda de vidas e o trauma sofrido pelo povo somali.”

Reconciliação

Mahiga pediu aos líderes e cidadãos do país que reafirmem a sua vontade em não abandonar o processo de paz e de reconciliação que prevê a adoção de uma nova Constituição.

De acordo com o roteiro de paz apoiado  pela ONU, a aprovação da lei fundamental deve ocorrer em Maio, seguida da transição para um novo governo, três meses depois.

A Somália é assolada por uma guerra civil de duas décadas, entre o governo de transição e grupos de oposição, com destaque para as milícias Al-Shabab.