ONU reforça segurança para chegadas de chefes de Estado e governo
BR

20 setembro 2011

Debates começam nesta quarta-feira, mas planejamento do departamento de Segurança e Proteção da organização começou em dezembro; são esperadas 15 mil pessoas, por dia, na sede das Nações Unidas.

Leda Letra, da Rádio ONU em Nova York.*

As Nações Unidas reforçaram seu aparato de segurança para a chegada de  mais de chefes de Estado e governo a sua sede, em Nova York.

Vários líderes internacionais já estão na cidade para participar de encontros paralelos aos debates da Assembleia Geral, que começam nesta quarta-feira.

Primeira Mulher

A presidente Dilma Rousseff desembarcou em Nova York no domingo, e nesta quarta-feira será a primeira mulher a discursar na abertura de uma Assembleia Geral.

Como de costume, os 400 seguranças da ONU trabalham em cooperação com a polícia novaiorquina. São fechadas a primeira avenida, onde está localizado o prédio das Nações Unidas, e partes das ruas próximas ao evento.

Por conta da alta movimentação de pessoal, o controle no acesso é prioridade como contou à Rádio ONU, a tenente Paula Gonçalves, policial das Nações Unidas.

Mesmo Tempo

“O mais importante é que eles (participantes) venham e que possam fazer o trabalho deles, mas que ao mesmo tempo, nós possamos garantir a segurança, até por conta dos presidentes que estão aqui ao mesmo tempo. Nós sempre estamos muito preocupados. Este é o nosso trabalho”, disse.

Entre delegações dos 193 países-membros, funcionários e jornalistas credenciados, são esperadas 15 mil pessoas circulando por dia na sede das Nações Unidas. Segundo a organização, este número representa quase o dobro do que a organização recebe em dias normais.

A ONU segue fechada para o público em geral até o dia 30 de setembro. As visitas guiadas para turistas serão retomadas a partir de 3 de outubro.

*Apresentação: Mônica Villela Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud