Opção sobre Kosovo é a de maior consenso, diz Ban BR

Opção sobre Kosovo é a de maior consenso, diz Ban

Secretário-Geral (foto) diz, em Londres, que proposta sobre papel da União Européia na região foi a de menor objeção.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, disse nesta sexta-feira que sua proposta sobre o futuro de Kosovo não satifaz a todos, mas foi a que causou menos objeção após ser apresentada.

Ban falou a jornalistas depois de uma reunião com o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, em Londres.

Independência

Pela proposta, a União Européia desempenhará um papel maior no futuro da ex-província iugoslava e deverá levar a avanços.

Após a decisão de Kosovo, no iníco deste ano, de declarar independência da Sérvia, Ban Ki-moon submeteu ao Conselho de Segurança planos de ajuste do mandato da Missão de Admnistração Interina da ONU em Kosovo, Unmik.

As Nações Unidas estão administrando Kosovo desde 1999, após a intervenção militar liderada pela Aliança do Tratado do Atlântico Norte, Otan.

Audiência com Elisabeth 2ª.

Durante sua reunião com o premiê britânico, Ban Ki-moon, discutiu o encontro de alto nível antes da nova sessão da Assembléia Geral, em setembro, para tratar da implementação das Metas do Milênio da ONU.

Ban disse ainda que os dois conversaram sobre mudança climática, crise alimentar mundial, a situação em Mianmar, Zimbábue, Oriente Médio e Sudão.

O Secretário-Geral da ONU também foi recebido pela rainha Elisabeth Segunda numa audiência separada.