Ban na Rússia

Ban na Rússia

Secretário-Geral diz à Rádio ONU que Oriente Médio e Kosovo devem ser alguns dos temas tratados com governo de Moscou.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, chegou à Rússia nesta quarta-feira para uma visita oficial de três dias.

Ban já se reuniu com o presidente eleito, Dmitry Medvedev, e o atual presidente Vladimir Putin.

Conferência

Ele deve falar ainda a líderes civis e estudantes na Universidade de Moscou.

Antes de embarcar, o Secretário-Geral falou ao Serviço Russo da Rádio ONU sobre a participação da Rússia nas conversações de paz para o Oriente Médio.

Ban disse que tem informações de que o governo russo está pensando em realizar consultas com todas as partes numa conferência em Moscou. Ele disse que apóia a iniciativa da Rússia neste sentido.

O país participa ao lado da ONU, dos Estados Unidos e da União Européia do Quarteto Diplomático para o Oriente Médio.

Ban Ki-moon também deverá abordar a questão de Kosovo, na ex-Iugoslávia, com o ministro russo das Relações Exteriores, Sergei Lavrov.

O Secretário-Geral da ONU elogiou as relações da Rússia com as Nações Unidas e o papel do país nas atividades de paz e segurança do mundo.

Ban disse também que tem o desejo pessoal de ver a Rússia contribuindo ainda mais para as atividades de desenvolvimento e forças de paz.

O Secretário-Geral afirmou que o país tem cerca de 300 homens nas tropas de paz da ONU entre soldados, policiais e conselheiros militares.

A visita a Moscou deve terminar nesta sexta-feira.