Irã segue enriquecendo urânio, diz Aiea BR

Irã segue enriquecendo urânio, diz Aiea

Diretor-geral da agência, Mohammed El Baradei (foto), pediu ao país que coopere com Conselho de Segurança para construir relação de confiança.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atômica, Mohammed El Baradei, afirmou que o Irã continua enriquecendo urânio como parte de seu programa nuclear.

El Baradei disse que ao contrário do que o Conselho de Segurança pediu, o Irã não suspendeu suas atividades de enriquecimento do material e continua desenvolvendo centrífugas mais eficientes.

Confiança

O chefe da Aiea entregou à direção do órgão, nesta segunda-feira, um relatório sobre o programa nuclear iraniano, e pediu ao governo de Teerã que coopere com o Conselho de Segurança da ONU para criar uma relação de confiança.

El Baradei disse, no entanto, que a agência não pode falar sobre um aumento no número de centrífugas em operação desde o último relatório sobre o Irã em novembro passado.

Em Nova York, os 15 países-membros do conselho devem se reunir para analisar um esboço de resolução sobre o Irã, apresentado por França, Alemanha e Grã-Bretanha.

O governo iraniano afirma que seu programa nuclear tem fins pacíficos.