ONU analisa insurgência no Afeganistão

ONU analisa insurgência no Afeganistão

Debate no Conselho de Segurança foi aberto com apresentação sobre trabalho das Nações Unidas no país.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O Conselho de Segurança das Nações Unidas analisou nesta quarta-feira a situação no Afeganistão.

O debate, que contou com mais de 30 oradores, foi aberto por um discurso do subsecretário-geral do Departamento de Manutenção das Operações de Paz, Jean-Marie Guéhenno.

Coordenação

Segundo ele, as ações de grupos insurgentes no Afeganistão estão mais dificeis do que se imaginava. Guéhenno também mencionou o problema da produção de drogas no país.

Ele pediu um reforço do mandato da missão de assistência da ONU no Afeganistão, Unama.

Numa entrevista à Rádio ONU antes do evento, o embaixador do Afeganistão na ONU, Zahir Tanin (foto), disse que o país gostaria de ver um aumento da coordenação na Unama.

Encontro

Tanin disse que a ONU e o governo afegão e os países-doadores precisam trabalhar juntos para harmonizar as ações no país e fazer com que o processo de reconstrução seja um sucesso.

Nesta quarta-feira, a porta-voz de Ban Ki-moon, Marie Okabe, informou que o Secretário-Geral irá à Romênia no início de abril para participar de um encontro internacional sobre o Afeganistão.