Conselho de Segurança renova missão da ONU no Iraque por 12 meses

Conselho de Segurança renova missão da ONU no Iraque por 12 meses

Os 15 países-membros do Conselho de Segurança aprovaram, por unanimidade a resolução 1770, que estabelece a renovação do mandato da Missão de Assistência das Nações Unidas no Iraque, Unami, por mais um ano.

Ban Ki-moon disse que as Nações Unidas estão fortemente comprometidas em ajudar o povo do Iraque.

Segundo ele, esta contribuição deve aumentar agora nas áreas de reconciliação nacional, ajuda humanitária, diálogo regional e direitos humanos.

Leia o boletim da repórter da Rádio ONU, Letícia Camargo.

“Após o ataque de 19 de Agosto de 2003 contra a sede das Nações Unidas em Bagdad, a ONU retirou a maior parte dos funcionários do Iraque. No ataque foram mortas 22 pessoas incluindo o chefe da missão, o brasileiro Sérgio Vieira de Mello.

Pouco antes da aprovação da resolução pelo Conselho de Segurança, o Sindicato dos Funcionários da ONU pediu ao Secretário-Geral Ban Ki-moon que retire os trabalhadores da organização do Iraque por questões e segurança.

Em resposta, Ban Ki-moon afirmou que as Nações Unidas estão atentas à questão da segurança e não permitirão que seus funcionários sejam colocados sob risco.

Antes de encerrar o discurso no Conselho de Segurança, Ban Ki-moon prestou homenagem aos trabalhadores da ONU mortos em Bagdad, e lembrou ainda dos homens e mulheres que continuam servindo à organização no país”.

E nesta sexta-feira, o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, felicitou a Jordânia por oferecer educação gratuita a crianças iraquianas refugiadas no país.

Desde a guerra em 2003, milhões de pessoas deixaram o Iraque para buscar asilo em países vizinhos.