Médico especialista explica aumento de incidência da perda de audição

O médico otorrinolaringologista, Leonel Luís, explica que há cada vez mais casos de perda auditiva em pessoas cada vez mais jovens.

Cada vez mais temos pessoas com perda de audição

Leonel Luis , médico otorrinolaringologista 

Arquivo pessoal
O médico otorrinolaringologista, Leonel Luís, explica que há cada vez mais casos de perda auditiva em pessoas cada vez mais jovens.

Médico especialista explica aumento de incidência da perda de audição

Saúde

No fim de semana em que a Organização Mundial de Saúde, OMS, assinala o Dia Mundial da Audição, o otorrinolaringologista português, Lionel Luis, falou com a ONU News sobre as principais causas do aumento da incidência da perda de audição entre os mais jovens; o especialista explicou a importância do diagnóstico precoce para travar o seu agravamento e revelou alguns dos cuidados a ter para evitar a perda de audição.   

A Organização Mundial de Saúde, OMS, estima que mais de 5% da população mundial, 466 milhões de pessoas, tem deficiência auditiva incapacitante. Um número que até 2050 poderá subir para os 900 milhões, ou seja, uma em cada 10 pessoas.

Em entrevista à ONU News, o otorrinolaringologista português, Leonel Luís, confirma que há cada vez  pessoas com perda de audição, nomeadamente entre os mais jovens. 

O especialista sublinha que a prevenção e o diagnóstico precoce são fundamentais para prevenir o agravamento da perda auditiva. A crescente exposição ao ruído e os inúmeros ambientes perigosos em termos sonoros, nomeadamente nos locais de trabalho, são alguns dos fatores que contribuem para esta tendência de agravamento.