Unrwa busca financiamento para ações na Síria, Gaza e Cisjordânia
BR

31 janeiro 2018

Apelo é de US$ 800 milhões, para ajudar refugiados palestinos; maioria depende da agência da ONU para receber comida, água, abrigo e assistência médica.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

A Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados Palestinos, Unrwa, está precisando de US$ 800 milhões para suas operações na Síria, em Gaza e na Cisjordânia.

O comissário-geral da agência, Pierre Krahenbuhl, explicou que a maioria dos refugiados palestinos nos territórios ocupados e na Siria “depende da Unrwa para fornecer assistência vital, incluindo comida, água, abrigo e assistência médica”.

Crise financeira

Com o apelo financeiro, a Unrwa espera conseguir verba para continuar auxiliando os civis afetados por situações de emergência. Krahenbuhl lembra que a agência passa por uma crise financeira após os Estados Unidos reduzirem suas contribuições.

Na Síria, a Unrwa ajuda 400 mil refugiados palestinos entregando dinheiro e fornecendo educação para 47 mil crianças e jovens.

Desemprego

Em Gaza, onde as taxas de desemprego são uma das maiores do mundo, quase 1 milhão de palestinos dependem da Unrwa para receber assistência alimentar. Na Cisjordânia, a situação continua “frágil, com os refugiados palestinos enfrentando dificuldades socioeconômicas devido às políticas de ocupação de Israel”.

Além da demolição de abrigos, os refugiados palestinos na Cisjordânia enfrentam altos níveis de insegurança alimentar, de acordo com a Unrwa.

Qualquer pessoa pode fazer uma doação financeira online para a agência, clicando aqui.

Notícias relacionadas:

Coordenador da ONU expõe "gravidade" da situação no Oriente Médio

Agência de apoio a refugiados palestinos lança campanha após corte

Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News 

Baixe o aplicativo/aplicação para  iOS ou Android

Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud