“Ação climática pode promover dignidade, oportunidade e igualdade”
BR

30 outubro 2021

Vice-secretária-geral da ONU, Amina Mohammed participou nos Diálogos TED; apresentação ilustra oportunidade de ultrapassar crise climática com mais dinheiro e solidariedade, enquanto ainda “existe oportunidade”.

A ação climática pode ser um veículo para dar dignidade, oportunidade e igualdade a todos, segundo a vice-secretária-geral da ONU.

Amina Mohammed teve uma participação nos Diálogos TED, na qual ressaltou que mais fundos e solidariedade são os ingredientes essenciais para a solução da atual crise do clima.

ODSs

Com o mundo a caminho da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática, COP26, a vice-chefe da organização convida a reimaginar como seria a jornada alinhada à descarbonização, mais investimentos nos esforços pelo clima e, ao mesmo tempo, priorizando os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs. 

A também líder do Grupo de Desenvolvimento Sustentável da ONU defende que o momento atual é de “fazer barulho para transformar o mundo”.

A Grande Muralha Verde continental tem 393 milhões de hectares de terras com potencial e oportunidades de restauração
FAO/Giulio Napolitano
A Grande Muralha Verde continental tem 393 milhões de hectares de terras com potencial e oportunidades de restauração

 

Antes de ser nomeada vice-secretária-geral das Nações Unidas, Mohammed foi ministra no governo nigeriano e falou de sua vida de caminhadas no Lago Chade abrangendo Chade, Camarões, Níger e Nigéria banhando 30 milhões de pessoas.
Ela falou ainda de qual seria o efeito do plano ambicioso de plantar 100 milhões de árvores na Grande Muralha Verde, do Sahel, contando com mais financiamento internacional.

Entre os benefícios estariam melhorar a captação de água, o uso da terra, o alívio ao clima desértico e impulso ao corredor econômico verde em favor de meio bilhão de pessoas.

Acordo

Amina Mohammed pede que os países alcancem um acordo imediato na COP26, em Glasgow, para que sejam liberados US$ 100 bilhões, atingindo a promessa do Acordo de Paris feita por economias desenvolvidas em apoio aas mais necessitadas. 

Vice-chefe da ONU destaca haver mais apoio dado a ações climáticas mais ousadas,
Foto: MINUSTAH/Logan Abassi
Vice-chefe da ONU destaca haver mais apoio dado a ações climáticas mais ousadas,

 

Mohammed disse que embora parecendo estar em falta, existe a mesma solidariedade que culminou com o Acordo de Paris e o Protocolo de Montreal, graças ao qual a camada de ozônio foi salva e “o mundo está se curando”.

A vice-chefe da ONU defendeu que se renove esse espírito de solidariedade de imediato alertando que “não é tarde demais”, mas “a janela de oportunidade está se fechando”.

Esperança nas pessoas

Ela afirma ter esperança nas pessoas, que alçando suas vozes enriquecem a urgência e o volume do coro global “para que os líderes não venham a ignorar”.

Sobre o apoio dado a ações climáticas mais ousadas, ela destacou que este vem crescendo, mesmo com obstáculos, e que não se deve parar porque a mudança climática prossegue.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud