Opaq “muito preocupada” com suspeita de ataque com agente nervoso contra líder russo
BR

4 setembro 2020

Comunicado da Organização para a Proibição de Armas Químicas foi divulgado após relatos de que substância química Novichock teria sido detectada no exame de sangue do ativista anticorrupção Alexei Navalny.

A Organização para a Proibição de Armas Químicas, Opaq, disse que qualquer utilização de toxinas como a substância química do tipo Novichok seria considerado “o uso de uma arma química proibida”.

O diretor-geral da instituição, Fernando Arias, considera “um motivo de grande preocupação” informações do governo alemão de que o agente nervoso teria sido rastreado no exame de sangue ao ativista anticorrupção russo Alexei Navalny. O comunicado foi  emitido na quinta-feira em Haia, Holanda.  

Placa na sede da Opaq. Foto: Opaq

Circunstâncias 

Navalny foi transferido da Rússia para um hospital de Berlim em estado de coma após tomar um chá num aeroporto, em 20 de agosto, e passar mal horas depois num voo a caminho de casa. Navalny ficou conhecido por suas críticas ao presidente da Rússia Vladimir Putin.

Segundo agências de notícia, a Rússia nega qualquer envolvimento no caso e diz que a Alemanha não apresentou nenhuma prova do agente nervoso.

A Opaq reitera que os Estados Partes da Convenção sobre Armas Químicas consideram o “uso de armas químicas por qualquer pessoa, em quaisquer circunstâncias, como condenável e totalmente contrário às normas legais estabelecidas pela comunidade internacional.”

Arias contou que a Opaq acompanha a evolução do caso Navalny e está pronta para se envolver e ajudar qualquer parte que precise.

Reino Unido

Em 2018, um caso semelhante ocorreu no Reino Unido, onde um ex-integrante dos serviços de inteligência, Sergei Skripal, e a filha foram atacados com o mesmo agente nervoso. 
 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud